Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 3, 2019

Incrível

Estas câmeras onboard são fascinantes.

Visualizar esta foto no Instagram.

@jmlatvala in the office 😳 (👉 you can watch all #WRC Onboard Videos of the past 4 years on WRC+) ALL LIVE from Thursday: @rallysweden 14-17 February 2019 Uma publicação compartilhada por #WRC (@officialwrc) em 9 de Fev, 2019 às 1:07 PST
Beijinhos, Ludy

Jenson em nome de equipe

Imagem
Button empresta nome a time da Honda no Blancpain

Campeão mundial de Fórmula 1 de 2009 se une equipe RJN Motorsport para colocar um Honda NSX GT3 no Blancpain GT Series deste ano 
Jenson Button, que é um embaixador da Honda, fez uma parceria com a ex-equipe da Nissan, juntamente com seu parceiro de negócios, Chris Buncombe, com o nome de "Jenson Team Rocket RJN". 
O time terá apenas um NSX GT3 Evo em cinco corridas no campeonato de endurance do Blancpain GT Series e tem ambições de lançar um segundo carro para as 24 Horas de Spa em julho. 
O novo empreendimento revive o nome Rocket Motorsport sob o qual o pai de Button, John, teve seu filho no kart, bem como Lewis Hamilton, Will Stevens, Oliver Rowland e James Calado. 
O campeão da Super GT, Button, disse: “É ótimo fazer parte deste empolgante novo capítulo com a RJN e trazer o nome Rocket de volta às corridas.” 
"Tenho a certeza de que alguns dos atuais pilotos se lembram da Rocket desde os seus tempos de kart e espero que p…

Impossível esquecer

Nada se cria, tudo se copia!

Eu ri… #F1#HaasF1Teampic.twitter.com/RsvXhAaE1L — Alexander Grünwald 🏁 (@formulagrun) 7 de fevereiro de 2019 **

Hhahahahahahahahhahaha...

Os caras não têm nem vergonha de copiar... hehehehhe

Bjuss, Tati

Cautela!

De olho na Indy 500, @alo_oficial entende que não basta apenas desempenho para vencer uma corrida tão imprevisível: o fator sorte também conta muito https://t.co/LzSSZH4gh7#IndynoGP — Grande Prêmio (@grandepremio) 4 de fevereiro de 2019 **

Cautela a gente tem, mas ansiedade também!!!!!! hehehhehe

Bjuss, Tati

Alguns erros...

.@alo_oficial reconheceu que cometeu alguns erros na F1, e deixar a McLaren em 2007 foi um deles > https://t.co/FIY5K6Qkrd#F1noGP — Grande Prêmio (@grandepremio) 3 de fevereiro de 2019 **

Alonso cometeu alguns erros em 2007, não sei se sair tenha sido o principal erro... tanta coisa aconteceu naquele ano. Hoje é muito mais fácil analisar o que passamos. A maturidade de 11 anos nos torna mais frios e objetivos ao analisarmos o que poderia ter sido feito, mas em 2007 as coisas saíram tanto do controle que não sei se haveria outra solução. A única coisa que não muda é que o indivíduo que mais errou e que criou TODO o problema chama-se: Ron Dennis!
E fico imaginando ele, de onde estiver, vendo Alonso e seu grau de influência na McLaren (Indy, 500 Milhas, Carlos Sainz - porque todo mundo sabe que tem dedo do Fernando!!)... o ódio deve corroer a pessoa! 
E eu adoroooo que, no final, Alonso venceu. Pelo menos venceu o Ron Dennis! 
Bjuss, Tati

Inovações

Imagem
Alfa Romeo prepara carro com design radical e inovações nunca vistas na F1, diz jornal
O descarte da marca Sauber não é a única coisa inovadora que a Alfa Romeo vai trazer para a temporada 2019 da F1. De acordo com o jornal italiano 'La Gazzeta dello Sport', o carro está sendo projetado com “o mínimo de cautela possível”
O primeiro carro da Alfa Romeo na sua retomada como equipe de fábrica na F1 tem tudo para ser bastante diferente do que foi visto nas pistas do Mundial em 2018. A produção do modelo para a temporada 2019 está em fase final, mas o processo foi realizado levando em conta um bólido bastante distinto.
A informação é do jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport'. Segundo o diário, o design está sendo feito com "o mínimo de cautela possível".
O projeto foi inteiramente supervisionado pelo projetista Simone Resta, ex-Ferrari. O carro vai ter "inovações interessantes" que ainda não apareceram em carros da F1. Além das manobras do desenho do carr…

Não era mais a mesma

Imagem
Button: depois que meu pai morreu, F1 não era mais a mesma
Jenson Button afirmou que a morte de seu pai, John Button, foi um divisor de águas em sua carreira, já que não via mais a F1 da mesma forma no fim de sua passagem pela categoria. 
O campeão de 2009 teve uma longa carreira na F1, já que estreou em 2000, aos 20 anos, e competiu regularmente até o fim de 2016. 
Ele ainda chegou a fazer uma participação especial em 2017, no GP de Mônaco, quando substituiu Fernando Alonso em sua participação nas 500 Milhas de Indianápolis. 
No entanto, Button apontou, em entrevista à revista GQ, os momentos de dificuldade que vivenciou na F1, o que acabou por acabar com sua motivação. 
“Se você nunca venceu uma corrida, tudo bem. O problema é quando você começa a vencer e aí volta a não vencer as provas. Isso realmente dói. Em 2013, não vencemos uma corrida, sequer fomos ao pódio. Aquele foi o ano mais difícil para mim.” 
“Provavelmente [fiquei na F1] seis meses além do que eu deveria, sim. Eu percebi no…

Man vs Machine

Há uma semana...

Exactly one week ago... #daytona24 🏆 pic.twitter.com/qpmBnNWZRD— Fernando Alonso (@alo_oficial) 3 de fevereiro de 2019 ** Bjuss, Tati

Aliança com Ferrari e grana 5 vezes maior: o que envolve a chegada da Alfa Romeo | GP às 10

Imagem
Para quem quiser assistir, vale a pena para pensar.
Eu continuo achando que o máximo que a Alfa Romeo vai conseguir em 2019 em termos de classificação no campeonato é um 8º ou 7º lugar. Não quero ficar esperando mais do que isto.
Fora que mesmo que o dinheiro aumente drasticamente, todo o processo de evolução de uma temporada para a outra na F1 não é assim tão veloz, demanda tempo e dedicação, quem está aqui há tempos sabe disto.
É óbvio que as coisas vão saltar da temporada passada para esta, mas não acho que veremos milagres.

Beijinhos, Ludy