26 de setembro de 2016

Alguém...

Alguém, por favor, faz uma filha assim com esse moço? Olha que coisa mais fofa essa imagem!


Sim, sim! Estou sentimental e qualquer foto de criança com tutu preto e mini adidas me faz chorar.

By lu

Três momentos...

Três fotinhos dos ultimos dias. Uma da família, uma do gatinho Rock porque dá like e todo mundo ama e outra, já no alto das Torres Petronas, em KL, para o próximo GP.




E essa liderança? Segue o não segue?

By Lu

25 de setembro de 2016

24 de setembro de 2016

Não é campeão mundial à toa

Chefe da Ferrari afirma que ultrapassagem em Hamilton mostra como Räikkönen “não é campeão mundial à toa”

Kimi Räikkönen não levou um título mundial de f1 - o de 2007 - sem ser um ótimo piloto. Não que alguém pensasse o contrário, mas o chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, fez questão de destacar após o GP de Cingapura da semana passada

Logo que terminou o GP de Cingapura, uma semana atrás, o chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, defendeu a estratégia que a equipe adotou - e acabou custando o pódio a Kimi Räikkönen. Mas havia elogiado o finlandês, algo que fez de novo. Para Arrivabene, a ultrapassagem em Lewis Hamilton mostrou que Räikkönen "não é um campeão mundial à toa".

Depois de um sábado esquecível, a Ferrari viveu uma boa corrida no domingo. Sebastian Vettel saiu do último para o quinto lugar, enquanto Räikkönen fez mais que o bastante para ir ao pódio, inclusive se aproximar e passar Hamilton em um momento de erro do então líder do campeonato - que Arrivabene acha que Räikkönen forçuo, aliás.

"Falando de Kimi, ele está mostrando que não é um campeão mundial à toa. É muito, muito bom, especialmente ultrapassando Hamilton [no GP de Cingapura], ainda que Hamilton tenha errado", disse.

"Algumas vezes você erra porque o cara atrás de você está atacando. Kimi tem experiência o bastante para sentir isso e, na minha opinião, foi ótimo", seguiu, completando que "Sebastian teve uma grande corrida, as escolhas da estratégia foram corretas e ele tirou o máximo." 

Räikkönen perdeu o terceiro lugar quando a Ferrari adiantou o último pit-stop para responder à mudança de estratégia da Mercedes. E deu muito errado. A F1 volta na semana que vem, com o GP da Malásia.

Fonte: Grande Prêmio 

Toda vez que este ser que não falo o nome comenta sobre Kimi, esta é a minha reação...


Não há nada mais falso. O jeito que ele elogia Räikkönen nunca vem de forma simples ou sincera, vem sempre de uma forma negativa ou de duplo sentido. Eu não gosto. É coisa minha, eu sei, mas detesto, não adianta.  

"Está mostrando que não é um campeão mundial à toa?" .... Isto é elogio onde?! Em Maranello?!


Beijinhos, Ludy

Duas fotos


Boa noite de sábado para vocês!!!!

Beijinhos, Ludy

23 de setembro de 2016

Nas duas versões: inglês e espanhol

Um vídeo publicado por Fernando Alonso (@fernandoalo_oficial) em
**
Um vídeo publicado por Fernando Alonso (@fernandoalo_oficial) em
**

Alonso fez um Q&A hoje no twitter... confiram!!

AHHHH!!! O Tomitaaaa!!! hehe

 Bjuss, Tati

F1 Highlights até aqui...

***

HAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHA

Alonso em TODAS! hehe

 Bjuss, Tati

22 de setembro de 2016

Mais receita de transmissão, patrocinadores e corridas

CEO do Liberty Media baseia crescimento da F1 com aumento de receita de transmissão, patrocinadores e corridas

Greg Maffei, diretor-executivo da Liberty Media, tratou mais especificamente algumas ideias que a nova dona da F1 tem em relação a número de patrocinadores e tamanho do calendário. Maffei falou em palestra durante evento do banco Goldman Sachs

O homem escolhido pela Liberty Media para presidir a F1, Chase Carey, já havia falado sobre como a companhia não chega à F1 pensando em lucro imediato, mas em construir fundações que permitam que a F1 cresça para se tornar um produto ainda mais atrativo nos próximos anos. Desta vez, durante palestra em evento de telecomunicações e mídia do Goldman Sachs, uma das grandes instituições financeiras dos Estados Unidos, o diretor-executivo da Liberty, Greg Maffei, tratou das ideias de crescimento que a companhia tem para a F1.

Maffei tratou da questão dos crescimento dos direitos de transmissão. Elogiou Carey ex-executivo da 21st Century Fox, como experiente nesta área e destacou que a F1 tem 17 patrocinadores e que vê como um número pequeno, visto que a MLB, apenas nos Estados Unidos, tem 75.

"São várias as oportunidades para fazer crescer o negócio, começando com as receitas de transmissão, a maior fonte de renda. Chase Carey é um cara muito experiente, difícil pensar em alguém que saiba melhor gerir propriedades esportivas, propriedades de mídia e as duas coisas juntas", disse.

"Eu acho que há uma chance boa de crescer na parte dos direitos de transmissão. Isso tem a ver com jogar os direitos para serem disputados, como aconteceu no Reino Unido com a BSkyB comprando os direitos", seguiu.

"Acho que temos 17 patrocinadores, com três pessoas trabalhando em cima dessa área. A gente vê que pode crescer muito na questão dos patrocinadores ao ver que a MLB tem 75 só dentro dos EUA", avaliou. 

Sobre o calendário da F1, que em 2016 é o mais longo da história, disse que imagina algo ainda mais extenso - e com mais passagens pelos Estados Unidos. "No momento estamos com as 21 datas, mas vemos com bons olhos as chances de crescermos em um longo prazo. Dá para aumentar o calendário pensando em provas potencialmente atraentes no que dizem respeito à transmissão e aos patrocinadores". 

"Você precisa pensar em lugares que naturalmente teriam um grande apelo. Falo de Miami e Las Vegas, por exemplo. Espero que Chase e Liberty ajudem nisso como americanos. Não será fácil, mas é um imenso mercado a ser conquistado", seguiu. 

Maffei ainda tratou da questão digital. Segundo ele, é um ponto fundamental no Século XX para ainda representar uma parte tão pequena da arrecadação. "Tem uma quantidade enorme de vídeos e informações que a F1 tem sobre as corridas, que nós estamos recuperando e que não são usados de qualquer forma para o fã dedicado ou para coisas como apostas. Menos de 1% da receita vem da parte digital. Acho que tem muita coisa que pode ser feita com relação a games, realidade virtual, redes sociais", encerrou.

Fonte: Grande Prêmio 

Se estes caras conseguirem fazer isto com a F1 vão ficar trilhardários!!!! E nós, como fãs, tenho certeza, só teremos a ganhar.

Quero muito que esta turma que está assumindo o controle da F1 agora faça da categoria o que ela merece: estar no topo. 

Beijinhos, Ludy

21 de setembro de 2016

Um ano

Vettel completa um ano sem vitórias, mas ainda crê na melhora da Ferrari na fase final da temporada 2016

Sebastian Vettel perdeu talvez sua grande chance de vencer em 2016 ainda no sábado do GP de Cingapura, quando foi traído por uma falha na suspensão e teve de largar em último lugar. Entretanto, o tetracampeão acredita que a Ferrari ainda pode lutar contra a Red Bull pelo vice-campeonato do Mundial de Construtores e deposita confiança nas atualizações para o carro nas últimas corridas da temporada

Na última terça-feira (20), a Ferrari completou um ano sem vitórias na F1. O último triunfo foi conquistado por Sebastian Vettel no GP de Cingapura. Foi uma vitória surpreendente em meio a um fim de semana ‘fora da curva’ da Mercedes. Quase um ano depois, as chances de triunfo do alemão foram por água abaixo em razão de uma falha na suspensão ainda no sábado de treino classificatório. Durante a corrida, o tetracampeão empreendeu grande reação, terminou em quinto e foi eleito pelos fãs da F1 como o ‘Piloto do Dia’ do GP de Cingapura.

Mas Vettel, quarto colocado no Mundial de Pilotos — com 153 pontos, contra 179 de Daniel Ricciardo e 148 de Kimi Räikkönen —, não escondeu a decepção com as oscilações da Ferrari durante um 2016 que começou prometendo muito, mas que até agora tem sido frustrante.

Entretanto, Seb ainda acredita que a Ferrari pode reagir e ao menos terminar em segundo lugar o Mundial de Construtores. O tetracampeão demonstrou confiança no trabalho do time de Maranello com as atualizações que estão previstas para a SF16-H nas últimas seis corridas da temporada.

“Acho que, se conseguirmos que tudo corra bem, pode acontecer. Sabemos que temos um pacote forte. Em algumas corridas, nós não conseguimos o rendimento que esperávamos; em algumas, por nossa culpa, e em outras por coisas externas que aconteceram. Está claro que não foi da forma que nós queríamos, e não estamos onde queríamos estar”, lastimou o piloto do carro #5 em entrevista veiculada pelo site norte-americano ‘Motorsport.com’.

“Acreditamos em nós mesmos. Obviamente, não estamos totalmente onde queremos estar em termos de ritmo, às vezes vai melhor ou às vezes pior, mas em pistas como Cingapura geralmente está tudo mais apertado”, disse Vettel, frustrado por não ver o macacão vermelho da Ferrari no pódio em Marina Bay.

“Esperávamos ser competitivos, e havia opções de vencer ou ao menos lutar pelo pódio. Infelizmente não aconteceu nem para mim e tampouco para Kimi”, lamentou o piloto. 

Vettel, contudo, deixou claro que ainda não perdeu sua fé em bons resultados nesta temporada. “Temos confiança. Chegarão pequenas melhorias. Estamos aqui para lutar, e é o que nós vamos fazer”, finalizou.

Fonte: Grande Prêmio

Se ele não acreditar, quem vai? Eu é que não! Obviamente!

Beijinhos, Ludy

JB talks to Esquire magazine

***

Bjuss, Tati

20 de setembro de 2016

FA:"Estar en la lucha por el título es el objetivo del año que viene" (audio)

 

  Fernando Alonso: "Estar en la lucha por el título es el objetivo del año que viene"

***

Bjus, Tati

Bolão do Octeto - Cingapura 2016

Boa noite pessoas!!!

Hora de vocês darem uma olhada em como estão as coisas pelos lados da nossa disputa aqui no Bolão do Octeto!!! #confiram

clique na imagem para ampliar
Resultado do GP de Cingapura

Pole: Nico Rosberg (Mercedes) 
P1: Nico Rosberg (Mercedes) 
P2: Daniel Ricciardo (Red Bull) 
P3: Lewis Hamilton (Mercedes) 
P4: Kimi Räikkönen (Ferrari)
P5: Sebastian Vettel (Ferrari) 
VR: Daniel Ricciardo (Red Bull)
1º a abandonar: Nico Hulkenberg (Force India) 

Fonte: www.formula1.com

Qualquer dúvida, vocês já sabem!

Beijinhos, Ludy

Singapore GP 2016 - Kimi Räikkönen Interview

Bacana esta entrevista de Kimi neste último fim de semana em Cingapura.

Ele falou sobre como prefere vencer (na verdade explicou que o que realmente importa é o resultado final, a vitória, se ela vem fácil ou não aí já nem é tão importante) e falou sobre Robin e como o pequenino já está interessado em carros e motos (e ficou orgulhoso, dá para notar), além de responder que como conselho ao filho se ele se meter neste caminho, ele diria que é preciso que ele encontre um bom empresário (que ele teve... Os Robertsons... #amomuito).

Singapore GP 2016 - Kimi Räikkönen Interview from miezicat on Vimeo.


Beijinhos, Ludy

Feliz cumpleaños Montoya!!!!!

Hoje é dia de octete aniversariante!!!

O colombiano Juan Pablo Montoya está completando 41 anos.

Parabéns para o eterno Montoyucho! ;)



Beijinhos, Ludy

19 de setembro de 2016

Erraram sim!

Chefe da Ferrari defende estratégia que tirou chance de pódio de Räikkönen no GP de Cingapura: “Foi a decisão correta”

A Ferrari foi duramente criticada nas redes sociais por ter chamado Kimi Räikkönen para uma terceira parada para troca de pneus no GP de Cingapura. A decisão acabou tirando do finlandês a chance de chegar ao pódio em Marina Bay, mas foi defendida por Maurizio Arrivabene, que elogiou o finlandês: “Guiou como um campeão do mundo”

No GP de Cingapura do ano passado, a Ferrari era cantada em verso e prosa por conta de uma grandiosa vitória de Sebastian Vettel. Em 2016, contudo, o time foi duramente criticado nas redes sociais por ter perdido uma enorme chance de voltar ao pódio em Marina Bay. Kimi Räikkönen vinha em terceiro lugar, com uma vantagem até confortável diante de Lewis Hamilton depois de uma grande ultrapassagem, mas foi chamado pela equipe italiana para fazer um terceiro pit-stop para ir até o fim da prova realizada no último domingo (18).

Hamilton voltou pouco à frente do finlandês e, mesmo sendo pressionado por um Kimi usando pneus ultramacios, se sustentou na terceira colocação e conquistou o último degrau do pódio em Cingapura. No fim das contas, Räikkönen lutou como pode, mas cruzou a linha de chegada em quarto, sendo seguido por Sebastian Vettel, que largou do último lugar.

As duras críticas sofridas pela Ferrari em Cingapura foram mais um capítulo de um ano marcado por desencontros. Situações que prejudicaram, por exemplo, Vettel na Austrália ou o próprio Räikkönen na Espanha por conta de escolhas consideradas por muitos equivocadas quanto ao uso dos pneus.

Mas Maurizio Arrivabene, chefe da Ferrari, acredita que a decisão de chamar Räikkönen para uma terceira parada foi acertada. 

“Para estarmos 100% seguros, foi a decisão correta”, avaliou o dirigente italiano, entendendo que havia grande chance de, se mantivesse Räikkönen na pista sem uma parada adicional, ver seu piloto ultrapassado por Hamilton. 

“Se chegássemos a ter muito desgaste [nos pneus macios] e a Mercedes nos alcança, nós teríamos ficado loucos. Tomamos a decisão olhando para os nossos dados. O que devemos fazer depois é checar se os dados estavam corretos”, declarou Arrivabene em entrevista coletiva. 

Räikkönen, por sua vez, se mostrou conformado com o desfecho do GP de Cingapura. “Poderíamos ter chegando ao final, mas será que eles não nos alcançariam? Ainda não sei. Há algumas coisas que poderíamos ter feito, mas obviamente é fácil falar depois. Eles conseguiram ficar à nossa frente, e a essa altura já não poderíamos fazer muito mais”, salientou o ‘Homem de Gelo’. 

Mesmo com a perda do pódio, Kimi foi bastante elogiado pela imprensa italiana: “Räikkönen se mostrou confiante e inteligente na ultrapassagem sobre Hamilton. Bravíssimo”, destacou o diário ‘La Gazzetta dello Sport’, que lhe deu nota 9 pelo desempenho em Cingapura. 

Arrivabene endossou os elogios ao nórdico. “Com sua experiência e seu talento, ele demonstrou novamente que é um grande campeão. Tomamos a decisão com base em nossas informações. Agora vamos avaliar para ver se foi a decisão correta, mas Kimi guiou como um campeão do mundo”, completou o chefe da Ferrari.

Fonte: Grande Prêmio 


Não tomaram a decisão certa não! Fizeram burrice novamente! Mas por que eu não fico surpresa?

Vocês nem sequer pensaram na possibilidade de que Kimi poderia fazer frente à Lewis no momento em que ele chegasse, caso ele chegasse. Vocês preferiram tirar todas as chances de Räikkönen de uma luta por um pódio, isto sim.

E não, o finlandês não pilotou como um campeão, ele É um campeão, por isto ele sabe como pilotar!!!! Mas é óbvio que você e sua equipe asquerosa não sabem disto né?

Como eu detesto quando este ser desagradável fala do Iceman!!!! #detesto 


Beijinhos, Ludy

Coluna "O que elas pensam?"





 

A coluna dessa semana começa com essa foto. Vejam bem essa selfie postada ontem pelo Nico.


Há pouco mais de dois meses Nico e Lewis nem se olhavam na cara caso fossem para o pódio e tivessem que se encontrar na salinha da pesagem e da água. Vocês lembram? Nico lá tomando água e fingindo muito empenho em tomar água sem olhar para Lewis. O inglês a mesma coisa.

Rolou uma conversa da equipe? Com toda a certeza! Durante ou pouco antes das férias algo rolou e desde então, eles procuram fingir ou - vamos ser positivos - ter mesmo uma relação amena entre eles.

Quebrar o pau não vale a pena. Ninguém ganha nada dentro da equipe com uma briga aberta fora da pista entre os pilotos. O próprio Lewis sabe disso quando ele e Alonso perderam a disputa do título em 2007. Kimi agradece e manda um beijo, inclusive. 

Nico, ontem, recuperou a ponta da disputa. Lewis até posou para foto com carinha meio nhaca. Ninguém pode culpa-lo por isso. Nenhum de nós estaria rindo feliz. Valeu e muito o esforço.

A briga, salvo mais tretas e "favorecimento desleal" (na falta de expressão melhor) da equipe que irrite um ou outro, deve ser justa até o final e bem acirrada. Ninguém vai entregar título de bandeja.

Claro, com aquelas coisas de sempre. Como bem disse Flavio Gomes no sábado: se Lewis tivesse feito a pole com o mesmo tempo de Nico todo mundo estaria babando, elogiando, chamando de novo Senna, Deus Dourado do Olimpo da Velocidade Perdida. Como foi Nico, é uma pole ok. Já estamos acostumados com isso e já falamos nisso. Alguns tem um status diferente mesmo que os outros façam até melhor em algumas vezes.

Ninguém está morto nessa luta e cada corrida vai ser disputada no pontinho a pontinho. Quem ganha somos nós. Um campeonato digno do tempo que investimos acordando cedo para ver.

By Lu

18 de setembro de 2016

JB falou...



JENSON BUTTON, MP4-31-02

Started:               12th
Finished:             DNF, 43 laps – precautionary stop due to worsening brake issue
Fastest Lap:       1m51.631s on lap 18 (+4.444s, 16th)

“I might have retired on lap 43, but, to be honest, my race was effectively over on the first lap.

“I got a very good start and pulled alongside Valtteri [Bottas], but I didn’t see Nico’s [Hulkenberg] car coming across the track until he was right in front of me, facing the wrong way. I lifted and pulled to the right, but there wasn’t really anywhere to go, so I tagged Valtteri with my front wing. That broke my front wing, brake duct and floor.

“I pitted to change tyres and fit a new front wing, but the car had been damaged, so I was lacking downforce for the remainder of the race. Even then, the downforce I did have wasn’t properly balanced across the car, which made it even more difficult.


“The reason we stopped was that we were concerned about the brakes – the temperatures were rising because of the duct damage. We were worried about a failure – it was the right decision to stop.”
(fonte: Mclaren.com)

***

Mais um fim de semana ruim para JB... afff

Bjus, Tati

Lema do Dia: Colors


"Colors, like features, follow the changes of the emotions." 
Pablo Picasso

Bjuss, Tati

Declaraciones de Alonso post #SingaporeGP

***

Que gracinha vê-lo tão empolgado!!! E falou tão rápidoooo... hehehe

Bjus, Tati

Um beijo

Um beijo bem carinhoso nessa liderança retomada.


Vê se não perde a ponta mais! Hunfty!

By lu

Kimi by Ludy: Singapore 2016 - Day 4


 Beijinhos, Ludy

Sobre hoje... Kimi e Vettel

Kimi praises speed ‘but we could have done better’ 

Kimi Raikkonen: “It was a good and solid race, the car was behaving well and we had a pretty good speed. Obviously it was very difficult to overtake, but at one point Hamilton made a mistake and I managed to pass him, then after the pit stop he got the position back. We lost the place there, I don’t know how and why they managed to jump us, and I don’t know what would have happened if we would have stayed out. Now we have to go through everything, see what happened and what we could have done better. Today we gained one place from the starting position, but of course this is not the result we are looking for, we are trying to be in position to win, but we need to make the car a bit faster.” 

Seb happy after gaining 17 positions in the race 

Sebastian Vettel: “We sure had a good strategy today, also we had the chance to make a big progress with a safety car, but it didn’t come, so P5 is a very good result. Thanks to the team, I had been a bit down after qualifying yesterday. What nobody wanted to happen has happened, so we had to deal with it and move on. My start was not good, then there was the accident so I took it a bit easy; most important, the car was still intact, but after the restart it was tricky to get the tires working, I was on the primes, I lost quite a lot of time behind the Sauber, it was quite tough to get past, but then it was important to survive until we fitted the last set of Ultrasofts at the end, where we really could unfold the pace. In the last laps we had a big gap from the front and from the back, so I took it easy. I know patience is not a quality of the Ferraristi, it’s not a quality of mine either, we are here to win and we’re not satisfied until it happens, but we’re progressing step by step and one day I think it will pay off. I believe in the team, and I believe that in the future it will be better.” 

Fonte: formula1.ferrari.com 

E a Ferrari sendo novamente burra na estratégia de Kimi. Acho assim, a Mercedes tem o melhor carro disparado, óbvio!!! A chance de Hamilton ultrapassar Räikkönen e retomar a terceira posição era realmente grande? Claro! Mas ao invés de confiarem no piloto deles, de pensarem na possibilidade de Kimi pode resistir ao ataque (até o momento dele acontecer), não, tiraram dele qualquer chance de lutar pela terceira colocação ao chamá-lo para mais uma parada. 

Eu não me conformo com a capacidade da Ferrari de ser tão incompetente. 

Com relação à prova de Vettel, saindo de onde saiu, realmente foi um ótimo resultado. 

Beijinhos, Ludy

Nico vence Cingapura e retoma a liderança do campeonato

Com folga no início que se transformou em um final na unha, Nico vence em Cingapura. Garantiu os pontos que precisava para voltar para a liderança do campeonato. Ricicardo chegou a menos de um segundo do líder e garante mais um pódio no ano. Hamilton em terceiro lutou bastante por essa posição.   

Para o Hulk a corrida não durou nem 5 segundos. Prensado na largada o alemão não teve o que fazer e se viu estampado no muro. Resultado? Um SC na primeira volta. Nico largou bem e manteve a ponta. Ricciardo também não aliviou pra Hamilton e manteve o inglês na terceira posição sem dar chance de ultrapassagem.

Alonso largou bonitinho  ganhou algumas posições saltando da nona posição para quinta. Todos aqui sabemos que ele ama a quinta posição de uns anos pata cá. Falando na quinta posição, Kimi que largou dessa marca conquistou uma posição e ficou a primeira parte da corrida na quarta posição.

Depois disso, meus amigos, começou a procissão anual de Nossa Senhora de Cingapura. Sem ter muito como passar na pista, as estratégias de pit ganham mais importância. Hamilton até desistiu de forçar Ricciardo e esperar pela segunda rodada de pita. A Red Bull optou por uma parada a mais em relação a Mercedes. A cautela também tem a ver com o alto desgaste de freios nesta pista e todos foram orientados a tomar cuidado. Muito carinho com os freios.

Tivemos um momento lindo em que Kvyat mostrou para o Verstappinho da Tasmania que "aqui não, lindão!". Eles tem histórico e a luta pela posição vale mais que uma posição intermediária. Kvyat começou o ano na Red Bull e Verstapinho na Toro. Verstappinho politicou o Kvyat foi rebaixado para a Toro antes mesmo do meio do ano. Para Daniil fazer o que fez, impedir o menino mimado de passar valeu muito para o próprio ego.

Hamilton? Com probleminhas aqui e ali não foi o final de semana dele e sem conseguir incomodar Ricciardo foi incomodado por Kimi que chegou para pressionar. E como com Kimi não tem muita conversa, o finlandês chegou e passou lindamente pelo inglês. Depois, fez o pit uma volta antes de Hamilton e garantiu a posição.

Cingapura é uma corrida que dura três encarnações. Deu até tempo da Mercedes melhorar a estratégia e Hamilton recuperar a posição sobre Kimi. Nisso a Ferrari tb fez ferrarice e perdeu tempo.  Kimi perdeu todo o trabalho dele sobre Hamilton.

Alonso com a Mclaren faz o que dá. Hoje até deu bem o sétimo lugar. O espanhol vinha bem na sexta posição mas o carro não garante que se consiga segurar uma Red Bull. Verstappen passou no final.

No final, nas ultimas dez voltas Nico abdicou da ultima parada porque não tinha como parar e voltar na frente. A vitória garante a liderança e pontos preciosos para o campeonato. Arriscou-se mesmo com Ricciardo chegando e chegando.  Mas mesmo com a pressão e um Ricciardo a menos de um segundo na ultima volta, Nico garantiu a vitória em seu GP 200.  

by Lu

17 de setembro de 2016

Memes!!! #amooo


HAHAHAHAHHAHAHAHA...

Bjuss, Tati

Olha este sorriso...



Como ficar sem este sorriso??

Bjuss, Tati

Pronto para qualquer oportunidade



Fernando Alonso: “Listo por si surge la oportunidad”

-Finalmente, regreso a la Q3…

-Sí, la verdad es que ha sido un buen sábado, entrando en la Q3, algo que sabía que iba a estar difícil, de hecho Jenson no ha podido entrar y nosotros lo hemos hecho al límite y después ya en la Q3 la verdad es que peleamos por el octavo, noveno o décimo y finalmente salimos por la parte limpia, así que a ver si podemos hacer una buena salida, una buena estrategia y sumar buenos puntos.

-Esta vez contento de salir delante, a pesar de no poder elegir gomas…

-Sí, en este circuito sí, al final vale más salir octavo o noveno que undécimo porque es complicado adelantar y aunque salgas con gomas nuevas no puedes sacar todo su potencial, así que contento de estar en Q3 aunque no pueda usar los mejores neumáticos.

-¿Le gustaría una carrera loca con lluvia y en la que pasen cosas?


-No estamos luchando por el título, así que sí cuanto más pase en carrera, más divertida será y más puedes ganar, pero nos tenemos que centrar antes en ganar posiciones en los pit stop, en la salida etc… y con una buena estrategia. Va a ser una carrera dura, hay que estar siempre ahí por si llegara un coche de seguridad o algo que siempre puede pasar en Singapur y hay que estar listo para atrapar esa oportunidad por si surge.
(fonte:As.com)



Aiiii que tenhamos um bom resultadoooo... este GP é a segunda casa do Fernando! 

Bjuss, Tati

Lema do Dia: Night



"Sometimes, things may not go your way, but the effort should be there every single night."
Michael Jordan

Bjus, Tati

Kimi by Ludy: Singapore 2016 - Day 3



Beijinhos, Ludy