22 de agosto de 2017

Novo casco...


**

Curtiram????

Bjuss, Tati 

A gente já cantou essa bola há mais de mês...

Carros elétricos sempre tem essa carinha de quem saiu dos Jetsons, né?
Rosberg abre portas para retorno ao automobilismo e se diz “muito interessado” na F-E: “Vai mudar o mundo”

Quando anunciou a aposentadoria da F1 no final do ano passado, Nico Rosberg começou a afirmar que não voltaria às pistas - nem mesmo em outras categorias. Mas ao falar sobre a F-E e a curiosidade que tem sobre a categoria dos carros elétricos, o campeão mundial de 2016, pela primeira vez em meses, abre as portas para um retorno concreto ao automobilismo. Talvez como chefe de equipe, até.

Rosberg já havia elogiado o crescimento da F-E - e até mesmo foi colocado como uma pessoa de interesse da Mercedes para chefiar o projeto da montadora no campeonato elétrico, que começa em 2018. Rosberg apenas reafirmou que imagina a F-E como o futuro da indústria automobilística.

"É o futuro do mundo. Será divertido ver todas estas fábricas colocarem suas cartas na mesa", disse. "Vai mudar nosso mundo completamente. Temos carros que vão se autoguiar - e não em 20 anos, é um processo que já está em curso. Estou muito interessado em ver como nossas vidas serão simplificadas por isso", seguiu em entrevista concedida à agência de notícias DPA.

Mesmo ao afirmar que está em um "momento de descoberta" na vida e que será papai pela segunda vez, Rosberg não quer mais abrir mão tão insistentemente de uma possível volta. Se um possível retorno antes era tratado como algo lúdico, agora fica para um 'vejamos no futuro'. E o projeto da Mercedes é uma oportunidade - até de volta às pistas, quem sabe.

"Correr sempre foi divertido para mim, então vamos ver o que acontece. Eu sempre serei um apaixonado pelo esporte e sempre haverá opções para me envolver. Não precisa ser amanhã, pode ser em dez anos, mas sempre será uma possibilidade", afirmou.

Garantiu, porém, que a carreira na F1 está "definitivamente encerrada".

Ao tratar do Mundial de F1 atual, Rosberg elogiou os três postulantes ao título e indicou que Hamilton é um piloto de 'feeling' - que varia de corrida a corrida. "Os dois são bons mentalmente, mas Sebastian também é forte em situações desfavoráveis - como vimos em Baku. Sobre Lewis: é sempre interessante ver como ele lida com a pista", encerrou.

A F-E volta com a nova temporada em dezembro, mas a F1 retorna neste fim de semana, com o GP da Bélgica.

Fonte: Grande Prêmio

Well, well, well, aqui no Octeto Ludy já tinha cantado essa bola como contamos neste post aqui. Pelo visto ninguém prestou atenção na viagem do Nico para os EUA há pouco mais de mês. Nico só visitou empresas com projetos para motores elétricos incluindo o Google.

By Lu

Kimi em evento do Santander em Helsinque

Räikkönen esteve hoje em Helsinque, para evento do Santander, onde inclusive visitou o escritório da empresa e levou dois funcionários sortudos para passear com ele em uma Ferrari, como você pode ver em um dos vídeos abaixo.

Teve carro de gelo (sorry, mas o da McLaren era infinitamente mais maravilhoso e Kimi pode entrar nele), Robin chorando porque queria continuar brincando com carrinhos, Robin querendo entrar no kart, Kimi sendo pai, pedindo para o filho se comportar... hahaha...




O resto está nas fotos, tudo mais do mesmo. Como são estes eventos.

 




Beijinhos, Ludy

Kimi fica na Ferrari para 2018

Ferrari anuncia renovação de acordo com Raikkonen para 2018

Piloto finlandês, o mais velho da F1 em atividade, permanece na equipe italiana pela quinta temporada consecutiva

Kimi Raikkonen está garantido na temporada de 2018 da F1. Na manhã desta terça-feira (22), a Ferrari anunciou que renovou o contrato do piloto finlandês por mais um ano.

O anúncio foi feito em um breve comunicado: “A Ferrari anuncia que renovou seu acordo técnico e de corridas com Kimi Raikkonen. O piloto finlandês irá, portanto, correr para a equipe de Maranello no Campeonato Mundial de F1 de 2018”, diz.

Assim, uma vaga já se fecha no time para o ano que vem. Seu atual companheiro de equipe, Sebastian Vettel, ainda não tem sua posição definida para a próxima temporada, já que seu contrato expira ao fim de 2017. 

Raikkonen, de 37 anos, é o piloto mais velho da F1 em atividade. Ele está na Ferrari desde 2014, quando se juntou novamente à equipe italiana, e atualmente ocupa a quinta colocação no campeonato. 

É a segunda passagem de Raikkonen por Maranello. Na primeira, entre 2007 e 2009, conquistou seu único título mundial de pilotos, o que representa a última conquista para a Ferrari até então. 

Fonte: br.motorsport.com

Houve um tempo em que ao acordar logo cedo para ir trabalhar e me deparar com uma notícias destas me faria ligar o computador na mesma hora, postar aqui no Octeto e dizer o quão feliz eu estava. Hoje não.

Aliás, a partir de hoje, tudo e qualquer coisa que acontecer entre Kimi e esta equipe maldita pela qual ele terá passado a maior parte da sua carreira na F1, será responsabilidade única e exclusiva de Räikkönen, afinal de contas, ele sabe o que faz não é mesmo?

Eu disse e repito, o GP da Hungria me mudou como torcedora do finlandês. Não deixarei JAMAIS de torcer por ele, ou de assistir aos GPs, de seguir sua carreira enquanto ele pilotar, mas simplesmente não vou mais defendê-lo como sempre tive o prazer de fazer toda vez em que senti que era necessário, ainda que ele jamais soubesse disto. Este desejo de proteção se quebrou no GP húngaro.

Vou parar de escrever sobre Kimi? Não, mas para meu próprio bem como torcedora do Iceman, vou compartimentalizar. O que eu amo sobre Räikkönen continuará aparecendo neste blog, e o que me chateia ou me decepciona, também. Na verdade, quem me segue neste espaço sabe que isto foi o que eu sempre fiz. E agora não será diferente, só acho que mais coisas vão me deixar chateada.

Sobre o anúncio de hoje, desta renovação para 2018, não sei se vocês perceberam, mas a forma como foi feito já demonstra todo o "respeito e carinho" da equipe para com ele. Poderiam ter esperado por Monza, para anunciar seus dois pilotos na corrida dentro de casa, mas não.

Enfim, o show deve continuar, o que se quebrou nesta minha dinâmica de torcer pelo finlandês só o tempo vai dizer se um dia vai melhorar. Não vou deixar de ficar satisfeita com os pódios, se eles vierem, com as vitórias (elas nunca virão, mas enfim...) caso um dia isto aconteça novamente.

Estarei aqui esperando por isto, não irei a lugar nenhum enquanto o Iceman ainda pilotar, continuarei o seguindo mesmo no local em que eu mais detesto que ele esteja. Só não serei subserviente e cega. Se algo acontecer e eu não gostar, vou falar, como sempre fiz. Assim como elogiarei e ficarei feliz quando este for o momento.

Beijinhos, Ludy

21 de agosto de 2017

Bem youtuberzinha em Stuttgart

Nico está em Stuttgart pois seu carro campeão será exposto no Museu da Mercedes a partir e agora. Bem youtuberzinha, tem videozinho novo mostrando a viagem para lá. Tem o primo e o tio afrontoso com boné do Hamilton pegando carona no voo. 

Ah! Nico fez promoção para encontrar um fã lá e como o vencedor não tinha grana para a passagem ele disse algo assim: "Dinheiro não é problema, é solução, migo. Nico paga tudo".  É ´mínimo qu esperamos, né?



O legal é que Nico deixou de ser piloto full time, mas não dispensou a equipe de markting dele. Aliás, produz mais material agora do que antes. Amamos ou amamos?
Tinha medo que ele sumisse e pelo jeito não será o caso.

Ah! E a segunda criança nasce quando meu deus! Já perdi as contas! 

By Lu

Semana de Spa

E nem demorou tanto assim. Chegamos ao retorno da F1. Próxima parada, Spa-Francorchamps!!!

Vou recordar meus momentos preferidos!!!


Beijinhos, Ludy

20 de agosto de 2017

Comunicado do Octeto Racing Team

Comunicado ORT: Sebastian Vettel

Oi gente! Boa noite! Estou aqui hoje para comunicar a todos que depois de muito pensar, analisar e tentar entender tudo o que vem acontecendo na Ferrari desde o começo da temporada, é melhor que a partir de agora, Sebastian Vettel não faça mais parte do Octeto Racing Team. 

O GP da Hungria foi a gota d’água para mim. Em todos os sentidos possíveis e imagináveis. Então conversei com minhas companheiras de blog e decidimos que esta era a melhor solução. 

Eu nunca, de verdade, pensei que isto fosse acontecer, mas esta temporada simplesmente tem sido uma tortura. Kimi Räikkönen, Sebastian Vettel e Ferrari podem ter acordo entre eles sobre primeiro e segundo pilotos, mas eu não sou obrigada a suportar tamanha humilhação. 

Vettel sempre foi um piloto pelo qual eu tive um carinho, especialmente por conta da amizade dele com Kimi desde 2008 (é natural do ser humano admirar quem gosta daqueles que são especiais para gente) e quando ele veio para Ferrari em 2015, embora eu soubesse que a equipe fosse dar preferência ao alemão (exatamente porque eu sei como é Kimi), eu jamais imaginei que fosse ver Räikkönen sendo tratado desta forma. 

Sei que o fato de Sebastian não ser mais parte do Octeto a partir de hoje não mudará nada dentro da pista, no comportamento da Ferrari, no fato de Vettel ser tratado como primeiro piloto e Kimi como segundo com seu próprio consentimento, mas mudará tudo para mim. 

Não tenho como continuar fazendo o que faço para o blog e ainda assim ter que lidar com esta situação. Eu sou torcedora de Kimi Räikkönen, mas não sou como ele. Eu não aceito a situação a qual ele está se sujeitando e não pensem que a minha forma de ver o Iceman não mudou depois de tudo isto, porque mudou e muito. 

Kimi é o responsável por suas escolhas, a Ferrari é quem decide sobre seus pilotos e não faz a menor questão de esconder a preferência e Vettel é aquele que aceita. E é claro que aceitaria, qualquer um deles ali dentro aceitaria não é mesmo? 

Mas a verdade é que eu não aceito. Nada disto. E se tem algo que aprendi ao logo da vida é que se alguma coisa está nos chateando, nos fazendo mal ou nos incomodando, é melhor que tomemos uma atitude. Mesmo que nem sempre tal decisão seja bacana para todos. Por isto, como a responsável por todas as postagens de Vettel aqui no Octeto, coube a mim fazer o anúncio. Nada mais justo. 

Como eu disse acima, isto não muda nada na vida de ninguém, mas fará diferença na minha, assim como na minha dinâmica de postagem/cobertura deste blog. Espero que vocês possam entender o meu lado. 

Atenciosamente, Ludmila.

18 de agosto de 2017

Alonso's Deckchair, Kimi's Desert Wander: Best Off-Track Moments Of 2017 So Far

Dos quatro que foram selecionados, definitivamente lembrarei de três momentos de 2017 até agora.

E o meu preferido é claro, é o número 1. Coisa mais linda deste mundo!!!! Sentimento puro!


E o de vocês, qual é o melhor momento até agora fora das pistas?

Beijinhos, Ludy

17 de agosto de 2017

Ruth Buscombe On The Role Of The F1 Strategy Engineer

O vídeo abaixo já é bacana em si porque explica como funciona o trabalho de um Engenheiro(a) de estratégia dentro de uma prova, mas ele se torna mais legal ainda porque é com uma mulher.

O mundo não é um lugar fácil para as mulheres, mas a F1 consegue ser pior ainda. Por isto é bacana demais assistir a este tipo de vídeo e ver as mulheres conquistando lugares de destaque com base em talento e competência, porque é assim que deve ser, não baseado no seu gênero.


Beijinhos, Ludy

Pai que é pai

Nico tem tempo para ser o pai mais legal do mundo. E o pai mais legal do mundo vai dar uma volta de carrinho de bebê no tunel de Monaco, claro!


E o pai mais legal do mundo também curte um buzão com a filhotona...


Isso que é vida!

By Lu

16 de agosto de 2017

Boullier fala sobre Kimi, Fernando e Jenson

KIMI RÄIKKÖNEN

“Kimi is quite a special case [laughs]! His driving style is similar to Jenson’s in that he is very gentle with the tyres, very smooth, almost phlegmatic. He brakes earlier and in a gentle manner while carrying more speed through the corners, which is not what Nordic drivers usually do.

“Kimi’s greatest asset though remains his racecraft. He can read a race as if he had a GPS in his mind. I remember the 2012 Hungarian Grand Prix. He had started P5 and was quite slow and already 9s behind Hamilton who was leading the race. I asked him over the radio why he was not picking up the pace when he could have gone much faster. I did not get any answer, you know how Kimi is, ‘leave me alone’ and everything.

“All of a sudden, he started banging laps that were 1.5s quicker all the while keeping a 2s gap to Hamilton. We could not grasp what was happening. That’s only when he pitted that we understood his strategy: he was leapfrogging Romain [who had started from the front row alongside Hamilton]. Kimi’s plan worked to perfection and he came home in second place. The entire strategy was just unfolding live in his head, looking at the data, gaps, and screens: I’ve never seen anything like this.

“Kimi is a more sensitive guy than what he looks like from the outside. That would be a mistake to think otherwise. A good example of the difference between who he really is and what he wants to show the world is his 2012 Abu Dhabi Grand Prix victory. On his in lap after crossing the line, he was warm, even emotional in his thanks to the team over the radio. Then, as soon as he stepped out of the car, the ‘Iceman’ was back. Of course, that’s part of his personality but it’s also a form of protection.”

Fonte: http://en.f1i.com

Enquanto que no lixo de equipe em que Kimi compete as palavras são sempre cobrança, de agressão, ou então para dizer o quão competente ele é no seu lugar de segundo piloto, do outro lado temos alguém como Eric Boullier.

Eu amo as vitórias da McLaren, amo aquele carro prateado que Kimi pilotou, onde fez as corridas mais marcantes e maravilhosas de sua carreira, mas a Lotus, especialmente em 2012, que ano lindo, especial, maravilhoso. E ler o respeito que vem das palavras de Boullier só me faz ter ainda mais saudades. 💓

Eu não tenho dúvida alguma sobre as qualidades de Kimi e o fato de Eric elogiar o piloto e a pessoa me faz ter ainda mais orgulho do Iceman. É sempre bom demais ver alguém que trabalhou com o finlandês comentar sobre como ele é dentro da pista, o quanto ele é talentoso. E como ele é bacana fora delas também.

No momento em que me encontro como torcedora, vendo o piloto pelo qual sempre torci ser relegado a segundo dentro da equipe pela qual ele foi campeão e pior, vê-lo aceitar isto, confesso, é algo triste.

Mas estas palavras, estes elogios, este depoimento respeitoso de Boullier sobre Kimi como profissional e pessoa, foram a única coisa boa que alguém falou dele este ano. Então vou guardar com carinho, porque isto foi sincero.

E se quiserem ler o que ele falou dos nossos outros octetes Fernando Alonso e Jenson Button, cliquem nos nomes deles.

Aliás, quando Boullier fala que para pilotos como Fernando e Kimi, ele apenas estabelece o momento em que talvez ele deverá intervir, os deixando totalmente livres para serem o que são, mostra o quão respeitados e capazes são o espanhol e o finlandês. 👏👏👏

Beijinhos, Ludy

Continuamos shippando...

Anitta tem namorado, mas nós estamos shippando mesmo assim. No stories do insta Hamilton estava lá cantando paradinha e olha o heartzinho no arroba da Anitta. Óin!!!!

 by Lu

IMSA 2018: Montoya e Penske

Penske anuncia Montoya para temporada 2018 do IMSA

Companheiro de equipe do colombiano será o atual campeão da categoria, Dane Cameron

A Penske anunciou nesta terça-feira (15) quem serão seus pilotos para a temporada 2018 do IMSA. No comando do Acura ARX-05 DPis estarão Juan Pablo Montoya e o atual campeão da categoria, Dane Cameron.

“Ter Juan e Dane se juntando ao nosso programa reúne dois pilotos que têm uma experiência extensa em corridas com protótipos e já ganharam nos melhores níveis do esporte. Isso representa um excelente começo para o nosso programa para 2018”, disse Roger Penske, dono da equipe.

“É definitivamente um desafio e vai se muito divertido muito desenvolver um novo carro com a Acura. Estou ansioso para iniciar o teste do ARX-05 na próxima semana. A Penske começou sua tradição vencedora em carros esportivos e vai ser legal fazer parte de um novo capítulo com a equipe”, disse Montoya, que com um carro da Penske venceu a Indy 500 de 2015. 

Cameron se mostrou bastante animado com a parceria com a Penske. “Ter a chance de correr para a equipe Penske é como um sonho se tornado realidade para um piloto. Ver todo o esforço e recursos que a Acura Motorsports está colocando para desenvolver este novo programa e ganhar com o ARX-05, é realmente impressionante”, disse.

Fonte: br.motorsport.com

Novas pistas para Juan Pablo Montoya em 2018. Vai disputar corridas de endurance. Boa sorte para ele nesta nova caminhada.

Beijinhos, Ludy

15 de agosto de 2017

Circuit of The Americas: F1 Drivers Attempt JT Songs

 

***

Hahahahahaha

Mas o melhor tá no final!!!!

hahahahaha

Bjussss, Tati


p.s. Desculpe a invasão do post sister, só quero complementar com o outro vídeo só deles ensaiando e cantando.... hahahaha... que maravilha!

bjs, Ludy

Linda imagem!

**

Achei esta foto tão linda... ❤❤❤

Bjuss, Tati

14 de agosto de 2017

10 Of The Best Battles Of 2017 | F1 Season So Far

As 10 melhores ultrapassagens selecionadas pelo pessoal da F1 até agora na temporada. Qual a preferida de vocês?

A minha é a primeira, na Austrália. Os três carros juntos na reta, lindo de se ver!


Beijinhos, Ludy

13 de agosto de 2017

Feliz Dia dos Pais!


Comecei a ver corridas por causa do meu pai quando tinha uns 8 anos acho. Eu enchia o saco dele porque não conseguia entender como ele sabia quem era o Senna.... hahahaha.... Foi ele quem me levou para ver um carro de F1 ao vivo pela primeira vez, em 1989, no autódromo de Jacarepaguá. Era um treino livre e eu fiquei encantada.

Meu pai parou há tempos de ver corridas, aqui em casa, quem ama corridas agora são as mulheres da casa: eu, Tati e mãe. Em 2010 nós o levamos para Interlagos, não era mais programa para ele, mas foi algo que fizemos em família e foi muito bom. E embora ele não curta mais corridas, sempre nos pergunta sobre como estão as coisas com Kimi e Alonso.

E vocês? Qual a lembrança que vocês têm do automobilismo e seus pais?

Feliz Dia dos Pais para todos e em especial para nossos octetes que são papais!!!!

Beijinhos, Ludy

2 semanas

Para quem estiver contando os dias...



Beijinhos, Ludy

12 de agosto de 2017

Relembrando

O som é lindo. Saudades deste barulho maravilhoso que sempre foi música para nossos ouvidos, mas as lembranças desta corrida, para mim, em 12 anos como torcedora de Kimi, são as mais dolorosas possíveis.

A injustiça desta desta prova eu nunca vou conseguir aceitar. O coração aperta só de rever, embora também fique cheio de orgulho pelo show que o Iceman deu neste dia e lutando até o fim.


Ah Spa... aquele fio de esperança de toda temporada...

Beijinhos, Ludy

11 de agosto de 2017

Renault's Nico Hulkenberg And Jolyon Palmer | F1 Grill The Grid 2017

Mais um "Grill the Grid" para vocês, desta vez com a dupla da Renault, Nico Hulkenberg e Jolyon Palmer.

Achei os dois muito calminhos, gosto quando os companheiros ficam frenéticos para responder... hahahaha... Por isto, para mim ninguém bateu ainda a galera da Toro Rosso e da Red Bull em termos de participação mais engraçada.


E se vocês ainda não viram todos, cliquem neste link para poder ver os pilotos que já participaram até agora.

Beijinhos, Ludy

Um pai emocionado #2

Como eu havia postado (link aqui) esta semana o vídeo do Instagram do Rubinho todo emocionado por conta de Dudu pilotar um carro de corrida com ele a bordo pela primeira vez, vou dar sequência com outro vídeo.

Mais uma vez eu digo, a emoção do Rubinho é muito bacana de se ver e o carinho do filho com ele mais ainda. É impossível a gente não se emocionar.



Agradeço a minha amiga Simone pela dica do vídeo acima.

Beijinhos, Ludy

McLaren na Indy ??


**

Será?!

Bjuss, Tati 

10 de agosto de 2017

Montoya na pista

Juan Pablo postou em seu Instagram hoje que estava indo para a pista para mais testes com o carro da Indy para a temporada de 2018.

Uma publicação compartilhada por Juan Pablo Montoya (@jpmonty2) em
Uma publicação compartilhada por Juan Pablo Montoya (@jpmonty2) em

Beijinhos, Ludy

9 de agosto de 2017

JB em ação ...


**

Bjuss, Tati 

Não é o que parece

Raikkonen: resultados de 2017 não refletem minha velocidade 

Finlandês acredita que tem mostrado boa forma ao volante e diz que só fica na F1 no ano que vem se estiver com boas chances 

Kimi Raikkonen, da Ferrari, afirmou que está satisfeito com a velocidade que mostrou na F1 neste ano, apesar de não dizer o mesmo quanto aos resultados obtidos. 

O finlandês marcou 116 pontos, incluindo quatro pódios, o que é mais do que havia alcançado na mesma altura no ano passado. 

Ele também marcou sua primeira pole position desde 2008, em Mônaco, mas ainda não venceu uma corrida – e, ainda por cima, ele possui 76 pontos a menos que seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, que lidera o campeonato. 

“Particularmente, não estou feliz com os resultados”, disse Raikkonen quando questionado pelo Motorsport.com sobre seu balanço até agora da temporada. 

“Eu quero vencer corridas, quero estar lá em cima o tempo inteiro e este não tem sido o caso neste ano com frequência.” 

“Eu sei quando as coisas estão corretas e há algumas coisas que aconteceram, e você precisa pagar o preço por isso. Em termos de pilotagem, eu tenho a velocidade, então não estou preocupado com isso. É mais questão de colocar as coisas em seus lugares certos.”

Fonte: br.motorsport.com

Fosse outra época eu escreveria um monte depois de ler isto, hoje... falta motivação.

Beijinhos, Ludy

Emperrou?

Jornal: tempo de acordo trava conversas de Vettel e Ferrari

De acordo com publicação finlandesa, piloto alemão quer renovar com equipe por mais um ano, enquanto que Scuderia quer acordo de três temporadas

As conversas entre Sebastian Vettel e a Ferrari para a renovação de contrato passam por um momento de impasse. As duas partes tentam entrar em consenso com relação à duração da parceria para que o acordo final possa ser firmado.

A informação é do jornal finlandês Ilta Sanomat. De acordo com a publicação, a Ferrari propôs um contrato de três anos ao piloto alemão; contudo, Vettel busca um acordo válido apenas para 2018, o que o deixaria aberto a opções a partir do ano seguinte. 

A temporada de 2019 vem sendo considerada um momento chave nos bastidores com relação a contratos, já que muitos acordos de equipes de ponta já estariam expirados neste período – como o de Lewis Hamilton com a Mercedes e o de Daniel Ricciardo com a Red Bull. 

A Ferrari, porém, ainda precisa definir sua situação para o ano que vem, já que nenhum de seus pilotos ainda está garantido. A Scuderia pretende concluir as negociações em breve para que os anúncios possam ser feitos no GP da Itália, no início de setembro. 

Fonte: br.motorsport.com

Que Vettel ficará é óbvio, resta saber por quanto tempo. Em setembro deveremos saber quais as cenas dos próximos capítulos.

Beijinhos, Ludy

Mais barulho e potência por um menor preço

Carey quer motores “barulhentos, baratos e melhores” na F1

Diretor comercial da categoria quer estimular competitividade com regulamento mais simples e avisa, porém, que não quer frear a tecnologia

Chase Carey, diretor comercial da F1, afirmou que a categoria deverá buscar motores “mais barulhento, mais baratos e melhores” na próxima mudança do regulamento técnico, em 2021.

Atualmente, a categoria ainda discute a situação de seus propulsores para o futuro próximo. O que já se definiu foi que as atuais unidades V6 turbo híbridas deverão ser substituídas por uma fórmula mais simples a fim de facilitar a entrada de novas fabricantes e reduzir custos.

Segundo Carey, a filosofia é simples: “Tiro o chapéu para a Mercedes, que conseguiu tirar o máximo do que temos agora. Mas a diferença de performance não é muito boa. Então, queremos simplificar as coisas com o lema: mais barulhento, mais barato e melhor”, explicou, em entrevista à revista alemã Auto Bild. 

De acordo com o dirigente, a adoção de um regulamento mais simples facilitará na contenção de custos. “Há equipes que gastam US$ 500 milhões por ano, enquanto outras gastam US$ 100 milhões. Isso atrapalha e distorce a competição. A meta deve ser que as equipes possam ganhar dinheiro com o esporte. Hoje em dia, nenhuma equipe consegue lucro”, argumentou. 

No entanto, Carey negou que a categoria poderá ter um retrocesso tecnológico. “Não me entenda mal: não queremos frear a tecnologia. A F1 permanecerá um laboratório para fabricantes, mas, ao mesmo tempo, também será um esporte.”

Fonte: br.motorsport.com 

Por favor, "o do bigode" hahahaha... se vocês conseguirem isto, eu ficaria feliz. Pena que está tão longe ainda. 2021?! 

Beijinhos, Ludy

Um pai emocionado

Vídeo de Barrichello emocionado com filho viraliza

Piloto vai às lágrimas ao acompanhar volta rápida com filho, Dudu, e vídeo se espalha na internet na semana do Dia dos Pais

Uma das situações mais corriqueiras dentro do mundo do automobilismo é a paixão pela velocidade passar de pai para filho. Na família Barrichello não é diferente. Quando o amor por carros rápidos se mistura com o de pai para filho, o resultado é este do vídeo abaixo.

Nele, Rubens Barrichello se emociona com o filho, Dudu, em uma volta rápida no autódromo Velo Città. O vídeo foi feito para o programa do piloto da Stock Car no SBT, mas também já viralizou nas redes sociais, confira:

Uma publicação compartilhada por Rubens Barrichello 1️⃣1️⃣1️⃣ (@rubarrichello) em


Fonte: br.motorsport.com

Se tem uma coisa que a gente sabe é que Rubens Barrichello é emotivo. Por tantos anos nós acompanhamos Rubinho dentro e fora das pistas, que é claro que a gente sabe que este vídeo é a mais pura tradução dos sentimentos dele.

Eu achei bacana porque Barrichello tem uma relação muito carinhosa com os filhos dele e é legal ver esta emoção. Eu sempre penso nisto quando vejo pilotos ou ex-pilotos juntos com seus filhos no volante, na emoção que deve ser.

O mais lindo do vídeo? O carinho de Dudu no final do vídeo. Ele sabe o que significa para o pai dele e o jeito de demonstrar isto foi bonito e singelo.

Agora preciso comentar, Dudu era um moleque há alguns anos e já está pilotando carros!!!! Senhor!!! Como pode o tempo voar desta forma?! hahaha 

Beijinhos, Ludy

8 de agosto de 2017

Calor escaldante

Uma seleção das cinco corridas mais quentes da história da F1. E eu estive em uma delas. #há10anos


Beijinhos, Ludy

6 de agosto de 2017

Semana Fernando Alonso 2017: Gracias!


E assim, encerro mais uma SF, este ano falando da Indy 500!!!!

Espero que tenham curtido!!!!

Até ano que vem!!!

Bjussss, Tati

Vote em Kimi, se quiser

Gesto de Kimi com fã é pré-candidato ao “Oscar do Esporte”

Episódio envolvendo finlandês e pequeno torcedor no GP da Espanha entra na lista para concorrer ao Laureus como “Melhor Momento Esportivo do Ano”

O episódio envolvendo Kimi Raikkonen e seu pequeno fã no GP da Espanha, em maio, é um dos pré-candidatos ao prêmio Laureus, considerado o “Oscar do Esporte” mundial.

Na quinta corrida da temporada da F1, Raikkonen abandonou logo nos metros iniciais ao se envolver em um acidente com Max Verstappen. Imediatamente as câmeras de televisão flagraram um jovem torcedor caracterizado com as roupas da Ferrari aos prantos, lamentando o acidente de seu ídolo.



Então, o menino, identificado posteriormente como Thomas Daniel, de seis anos, foi levado às dependências da Ferrari, onde pôde tirar foto com o finlandês e receber presentes e autógrafos.

O gesto é um dos seis pré-candidatos de agosto ao Laureus na categoria “Melhor Momento Esportivo do Ano”. Até dezembro, a premiação realizará uma votação por mês, cuja vencedora entrará na lista final que irá concorrer na categoria. 

Os concorrentes de Raikkonen são: a participação de esquiadores afegãos pela primeira vez em um Mundial; a participação de Kathrine Switzer na Maratona de Boston de 2017, 50 anos depois de ser a primeira mulher a competir na prova; a virada histórica do Barcelona sobre o Paris St-Germain na Champions League; a despedida de Francesco Totti da Roma e a história de um adolescente que compete no basquete mesmo sem parte dos dois braços. 

A votação prévia para o Laureus 2018 poderá ser feita neste link

Fonte: br.motorsport.com

Obviamente todo mundo já viu esta notícia, mas estou postando apenas se alguém não viu e quiser votar.

Quando a notícia saiu na sexta eu pensei comigo mesma que esta provavelmente será a única boa lembrança relacionada à F1 e Kimi que eu levarei de 2017, o carinho de Thomas pelo Iceman e como ele foi tratado.

Beijinhos, Ludy