20 de março de 2016

Mais do mesmo

Kimi Räikkönen: “Hoje nós tivemos uma boa primeira parte da corrida, mas num certo ponto eu perdi potência e tive de abandonar. Não sei exatamente o que aconteceu. Não acho que o problema tenha alguma relação com o motor porque ele ainda estava funcionando. Deve ter sido outra coisa. É uma pena para toda a equipe. Depois dos testes de inverno, tivemos a ideia de que nós estaríamos bem. Sábado foi divertido, com toda variação de condições e circunstâncias, então sabíamos que a diferença de tempo [para a Mercedes] na classificação não foi real. O carro é bom de guiar, é rápido e eu tive uma boa impressão, mas, obviamente, precisamos terminar a corrida. Ainda temos algum trabalho a fazer.” 

Fonte: Grande Prêmio

Chega um momento em que a gente para de acreditar que bons resultados são possíveis. Na quinta eu escrevi esta coluna, que inocência a minha achar que eu teria o direito de sonhar.

Ficou claro logo na primeira corrida do ano que a Ferrari vai adotar um piloto só para as vitórias.

Era só a corrida inicial, sei que Vettel estava na frente, mas eles poderiam pelo menos ter deixado a briga aberta. Esperado para ver o que aconteceria. Não acho justo.

Mas existe um lado bom disto, já sei que não posso esperar nada. Agora é fato.

E para variar um pouquinho, Kimi teve problemas.

Bem-vindo ano velho!

p.s. grande largada do Iceman.

Beijinhos, Ludy

2 comentários:

EricOliveira disse...

Ludy, qualquer notícia sobre o Arribavene falando do Kimi, posta aqui por favor, quero saber o que esse velho vai falar agora? por que cobrar do cara é fácil, dá um carro decente quando ele ta fazendo uma boa corrida, não fazem. bjão

Octeto Racing Team disse...

Sinceramente Eric, eu nem li nada além do que Kimi falou sobre esta corrida. Estou tão enojada com este Arrivabene que não queria estragar meu dia, mas pode deixar que se ele me irritar, você verá postagens por aqui! rsrsrs...

bjs, Ludy