9 de dezembro de 2015

Na Alemanha, a gente se comporta

Dirigente revela insatisfação da Mercedes com conduta de Hamilton extra-pista e diz: “Ninguém é insubstituível”

A relação entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg é o assunto da moda na F1. A aparente tranquilidade da Mercedes deu lugar a um ambiente tumultuado, marcado pela animosidade entre os dois pilotos.

Nesse cenário, Toto Wolff vem se empenhando para colocar a casa em ordem e já avisou que o conflito entre Hamilton e Rosberg tem de acabar. O chefe do time também falou em rever os contratos dos pilotos caso o problema entre eles afete o ambiente da Mercedes.

Além da crise com Rosberg, o comportamento de Hamilton extra-pista virou alvo de muitas críticas, inclusive sendo relacionado à queda de performance do britânico na reta final da temporada. No último fim de semana, um post no ‘Snapchat’ mostrou Lewis alcoolizado e dizendo em um vídeo que tinha tomado “muita vodka”.

 Um dirigente da Mercedes — que preferiu não se identificar — concedeu uma entrevista ao jornal britânico ‘Times’ e afirmou que a equipe está dividida entre o que o britânico faz dentro e fora da pista.

“Lewis é uma mistura complicada de autoconfiança e insegurança”, disse. “Ele tem um foco incrível, então, o que quer que ele esteja fazendo fora, ele é capaz de chegar, entrar no carro e fazer o trabalho dele. Mas ele guia para um time que agora está dividido entre o que ele faz na pista e o que ele faz fora dela”, continuou.

“A postura alemã de correção na Mercedes é alta e eles não gostam do que estão vendo neste momento”, revelou. “Um executivo sênior me disse que ninguém é insubstituível — e isso incluiu Lewis”, concluiu.

Fonte: Grande Prêmio

Na Alemanha, "a gente se comporta". Essa é a mensagem. É interessante ver que Lewis saiu da asa do Ron Denis porque não queria ser podado por ele e caiu em um time que também demonstra que não aceita porralouquice.

Sobre a crise com Nico, ele só não quer ser preterido pela equipe. Só isso. Bem fácil de resolver. Em 2014 ele não foi preterido, vocês viram ele reclamar? 

By Lu

2 comentários:

Julia Souza disse...

O cara pode beber o quanto quiser, só não precisa colocar vídeos bêbado nas redes sociais.Chega logo temporada 2016 kkkk.

Reginaldo Nepomuceno disse...

Balela. O cara é livre pra fazer o que quiser fora das pistas, desde que ganhe no domingo. O Nico é um excelente piloto, mas muitas vezes em 2015 deixou de ser combativo quando precisava. Em tempos de F1 higienizada, é bom ter alguns pilotos rockstars pra animar a festa.