Especial Kimando: " O que eu quero..." by Tati Coimbra


Especial Kimando: " O que eu quero..." by Tati Coimbra

“Se você ainda não desistiu, é porque sabe que vale a pena.”
Estes dias me deparei com esta frase, e vi através dela o que tem acontecido comigo nos meus últimos anos de F1 como torcedora do Fernando. Sim, porque não tem sido nada fácil.

Nestes 4 anos com a Ferrari eu aprendi alguns lições, como por exemplo, não criar expectativas, não esperar que as coisas sejam melhores e nem que as soluções para os problemas sejam resolvidos de um ano para o outro. O que é... é, e com a Ferrari, sempre será.

Eu sempre me considerei uma realista que tende a ver mais um lado negativo do que o positivo, mas com a Ferrari, me VI totalmente pessimista. Na verdade, ela me transformou nisso. Nem Alonso, com seu imenso talento, tem sido capaz de me fazer mudar. Infelizmente.

Mas então poderiam me perguntar, porque ainda continua se você não acredita que isso não dará certo?!

Bom, mas aí eu pergunto: o que é “dar certo”?!

Ano passado, eu escrevi um texto sobre isso e sobre a necessidade de mudarmos onosso foco para tornar tudo mais fácil. Ainda não sei se consegui por completo, mas de fato 2013 foi bem mais tranquilo do que em 2011 ou 2012. Não podemos lutar contra o inevitável.

Com isso dito, acho que na verdade, devemos apenas transformar este “dar certo!” em outra coisa. Ver por outro ângulo.

Alonso dá certo. Não precisa vencer um título ou uma corrida para dar certo. Ele faz com tudo dê certo... do jeitinho dele, mas faz.

Eu não desisto porque sei que Alonso vale a pena, ainda que a Ferrari tenha me transformado em uma pessoa sem crença e sem esperanças. Sim, porque eu não acredito que dias super vitoriosos virão. Eu realmente não acredito em ninguém na Ferrari seja capaz de dar ao Fernando, nem metade do que ele deu ao time nos últimos 4 anos. Eu cansei de ter esperanças que as coisas seriam melhores, e sinto que Alonso também cansou. O rosto dele diz isso hoje, depois de 4 anos, tentando.
“Muitas pessoas perdem pequenas alegrias enquanto aguardam a grande felicidade” – Pearl S. Buck
Por isso, este será meu lema para 2014, assim como foi em 2013. Ou pelo menos, tentei que fosse. Não deixarei que um único objetivo me impossibilite de aproveitar os momentos que Alonso faz dar certo, sendo este “dar certo” o que for: um pódio, um quinto lugar depois de largar em último, uma fenomenal largada, uma ultrapassagem melhorável ou o simples fato dele estar LÁ guiando.

Em 2014 eu não vou criar expectativas e não tenho esperanças de grandes conquistas, não esperem ver em mim um exemplo de otimismo. Acho que esta palavra “otimismo” não combina com Ferrari. rs

Na verdade, o que eu que QUERO e TORÇO todos os dias é para que dê certo! A minha vantagem é que com Alonso este “dar certo” podem ser inúmeras “pequenas alegrias” que, no final, não me fazem desistir porque sei que valerão a pena.

Se a “grande felicidade” vier, ficarei grata e feliz.

Mas por enquanto eu só quero... que DÊ CERTO!

Tati

****

Assim nós encerramos o Especial KIMANDO. Espero que vocês tenham curtido!

Para quem não viu, vejam AQUI o especial!

Bjuss, Tati

Comentários

Adorei seu texto Tati. Como sempre, escrevendo mega bem.

Só nos resta esperar que dê certo mesmo! ;)

bjs, Ludy
Manu disse…
Então, que tudo "dê certo!" ;)
Adorei os textos, e o especial! Show meninas!

=*

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!