P12


E o GP da Bélgica foi a melhor corrida de Kimi até agora no Mundial.

Ele chegou a estar em 10, mas acabou na 12ª colocação.

O Iceman comentou que o resultado foi o máximo que dava para ser feito e ele está certo. A largada foi o ponto negativo, mas depois ele conseguiu se recuperar.

“I feel the result today is as good as it could have been. The car felt good but P12 is the most we could get, and that gives you no points: it’s disappointing as we really gave everything we had. The start was bad, the car went into antistall at turn one and it put me at the very back. After that we had good speed but sadly not enough to make it into the top ten. I got stuck behind Kvyat, I felt I was quicker than him in the middle sector but couldn’t get a run on him where I could try a pass. We’ll try to make more progress in Monza.”(fonte: Alfa Romeo)

No final das contas, mesmo com um carro mega limitado, em Spa, um local tão especial para a história de Kimi na F1, ele conseguiu uma boa performance.

E a ironia do destino? Melhor carro com motor Ferrari na prova, com direito a ultrapassagem em Vettel.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Paulo Moreira disse…
Se no inicio da temporada alguém desse-se que na Bélgica o Kimi ia lutar com os Ferrari e acabar a corrida à sua frente, nós pensávamos logo que os Alfa Romeo iam andar nos lugares da frente. Mas não, os Ferrari é que não andam nada.

cumps

visitem: https://estrelasf1.blogspot.com/

Postagens mais visitadas deste blog

Para Lu... um Feliz Aniversário!!!!!!

Eita!!! hahaha