Kimi em primeiro no dia 2 de testes em Barcelona

Raikkonen supera Pérez e lidera segundo dia de testes em Barcelona

No segundo dia de testes, as equipes começaram a usar os compostos mais macios mas não superaram os tempos de quarta

Em um dia marcado pela história do novo volante da Mercedes, um veterano terminou o dia na frente. Após fazer o tempo mais rápido da sessão da manhã, Sergio Perez viu Kimi Raikkonen fazer uma volta melhor que a sua durante a tarde.

A pré-temporada teve sua primeira bandeira vermelha nesta tarde, com menos de 20 minutos para o final da sessão, quando o piloto mais rápido do dia, Kimi Raikkonen, viu sua Alfa Romeo ficar lenta no meio de uma volta. Kimi conseguiu retirar seu carro da pista, mas o resgate do carro levou ao acionamento da bandeira vermelha.

Antes de sua sessão chegar ao fim, mais cedo, Kimi teve uma boa quinta-feira em Barcelona, marcando o tempo mais rápido do dia com 1min17s091 com o pneu C2 e completando 134 voltas. Por mais que tenha sido o mais rápido do dia, o tempo do finlandês ainda foi mais alto que o melhor tempo obtido ontem por Hamilton. 

Falando no hexacampeão, a performance da Mercedes hoje foi bem diferente da vista na quarta-feira, com a montadora alemã buscando quilometragem. Ao invés da ponta de cima da tabela, Hamilton e Bottas ficaram em 9º e 13º, respectivamente. O hexacampeão teve como melhor tempo 1min18s387 enquanto o finlandês foi quase um segundo mais lento, com 1min19s307, quase dois segundos abaixo do melhor tempo do dia. 

O trabalho da Mercedes nesta quinta-feira terminou antes do fim da sessão. No meio da tarde em Barcelona, a equipe detectou um problema elétrico no carro antes de Bottas ir para a pista e decidiu encerrar mais cedo as atividades do dia. Mesmo assim, o finlandês conseguiu fazer 77 voltas, enquanto Hamilton completou 106. 

O segundo lugar ficou com Sergio Perez, que continua mostrando bons resultados em Barcelona. O mexicano teve como volta mais rápida 1min17s347 e completou impressionantes 144 voltas. 

Na Ferrari, Vettel conseguiu ir à pista depois de ser substituído ontem devido a uma gripe. O alemão foi o sexto, completando 69 voltas, enquanto Leclerc foi o oitavo, com 49 voltas. 

Daniel Ricciardo foi o terceiro melhor do dia com sua Renault, com 1min17s749, mas fazendo apenas 41 voltas. Seu companheiro de equipe, Esteban Ocon, foi o décimo segundo, tendo completado apenas 46 voltas. A equipe francesa foi a que menos andou nesta quinta. 

Pela Red Bull, Alexander Albon fez sua estreia em 2020 e foi o quarto mais rápido, terminando quase um segundo acima do tempo de Raikkonen, completando 128 voltas. 

Em um dia em que vários pilotos completaram mais de 100 voltas no dia, o piloto que teve a maior quilometragem foi Romain Grosjean com sua Haas, andando um total de 158 voltas, quase três vezes a distância percorrida em um GP da Espanha no circuito de Barcelona. 

As atividades de pista continuam amanhã, com o encerramento da primeira semana de testes, a partir das 05 da manhã, horário de Brasília.

Fonte: Motorsport.uol.com.br 

É óbvio que terminar na frente em testes para times menores como a Alfa é bacana, mas todos sabemos que no fundo, não significa nada para a temporada.

O importante nos testes é ter boa quilometragem para que se os problemas acontecerem (como aconteceu no final do treino com Kimi), eles possam trabalhar em cima disto a partir da telemetria coletada.

Mas é bacana ver Kimi liderando algo depois de tanto tempo.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para Lu... um Feliz Aniversário!!!!!!

Lu, parabéns pelo seu dia!!!!