Induziu ao erro

F1: “Hamilton conseguiu impor penalidade a Vettel", diz Villeneuve  

Canadense que venceu a temporada de 1997 da Fórmula 1 acha que Hamilton poderia ter agido diferente e que quem merecia punição é Ricciardo 

Campeão mundial de Fórmula 1, Jacques Villeneuve disse que Sebastian Vettel não mereceu ser penalizado no Grande Prêmio do Canadá. “Hamilton fez a coisa certa, ele conseguiu impor uma penalidade em Vettel. Ele é muito bom nisso!”, ironizou o canadense.

A penalidade de cinco segundos aplicada a Vettel pela forma como ele voltou ao circuito depois de uma tentativa de ficar à frente Lewis Hamilton, que com a vitória virou recordista em Montreal ao lado de Michael Schumacher (veja galeria abaixo), se mostrou intensamente controversa, enfurecendo o alemão e evocando uma forte reação nas redes sociais.

Para Villeneuve, o principal aspecto no incidente foi que a transgressão de Vettel não foi uma jogada intencional feita durante a batalha de roda a roda, e o canadense considerou que os comissários deveriam ter punido a conduta de defesa de posição que Daniel Ricciardo adotou contra o piloto da Mercedes Valtteri Bottas no início da corrida. 

"Não fiquei surpreso com a penalidade de Vettel", disse Villeneuve ao Motorsport.com. “Mas Ricciardo é quem merecia uma penalidade pela maneira como dirigiu em linha reta, e não recebeu. Muitas vezes tem sido assim. É ruim para a F1 de qualquer maneira. Arruinou a corrida”. Já o próprio Bottas descreveu a defesa de Ricciardo como “no limite”, mas no final a chamou de “uma boa luta”. 

“Se Vettel tivesse feito algo sujo ou ruim, como Ricciardo fez na reta, teria merecido uma penalidade, e isso teria sido bom, mesmo que isso significasse outra vitória do Lewis”, disse Villeneuve. O canadense, porém, não achou que o incidente justificasse tal veredicto. 

"Isso não é corrida", argumentou ele. “Deve haver uma diferença entre o que é intencional e quando você passa por uma curva e volta para a pista de lado. E principalmente porque o piloto por trás sabe o que está acontecendo, Lewis sabia para onde Vettel estava indo. Ele poderia ter atravessado para o outro lado da pista muito mais agressivamente, e não o fez”. 

“Não é uma questão de deixá-los correr simplesmente por deixar. Você nunca deve fazer nada intencional que force outro piloto a recuar ou colocá-lo em perigo, isso é uma coisa. Mas quando você passa por uma chicane, você volta ao acelerador o máximo que pode, mesmo que isso arriscar outros pilotos, porque os caras por trás sabem que 'esse cara está na grama, provavelmente vai ficar de lado". 

"MALANDRAGEM" DE HAMILTON VALEU RECORDE 

Diante de tanta polêmica, o recorde alcançado pelo inglês, que igualou Schumacher como maior vencedor no Canadá, acabou passando batido. O Motorsport.com levantou os recordistas das pistas atuais do calendário da F1, além de pistas históricas. Há dois brasileiros recordistas: Ayrton Senna e Felipe Massa. 

Fonte: motorsport.uol.com.br

Eu super concordo que o fato do Hamilton estar se aproximando do Vettel o levou ao limite e daí foi uma coisa atrás da outra.

Continuo achando que foi algo de corrida, Vettel não merecia a punição. Mas concordo com Jacques sobre a parada do dois pesos, duas medidas, a FIA precisa encontrar um padrão nestas punições.

Sobre a manobra do Ricciardo, nem posso comentar porque não lembro.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Historinhas... é a vez de Niki Lauda

Lu, parabéns pelo seu dia!!!!