Ambiente relaxado

Räikkönen vê Alfa Romeo com atmosfera mais relaxada e “menos política”: “É mais fácil para todo mundo”

Kimi Räikkönen reconheceu que a Alfa Romeo tem um ambiente diferente daquele que estava acostumado. Finlandês considerou que um time focado nas corridas e com menos política é mais fácil para todo mundo

Depois de cinco temporadas com a Ferrari ― na segunda passagem pelo time ―, Kimi Räikkönen reconheceu que encontrou um ambiente muito mais leve na Alfa Romeo. O finlandês, o mais veterano da F1 atual, entende que sua nova casa é mais focada nos aspectos das corridas e não dá muita bola para política.

Aos 39 anos, Kimi analisou as diferenças entre as equipes e considerou que a Alfa Romeo tem uma atmosfera diferente, apesar de ter as mesmas metas de todas as outras escuderias.

Questionado se se sentia mais relaxado neste novo ambiente, Räikkönen respondeu bem ao seu estilo: “Acho que não, não sei”.

“Cada equipe tem seus compromissos, seus prazos. Alguns times têm mais coisas para fazer, outros, menos. Em alguns, tem mais política, em outros, menos ou até zero”, apontou. “Todos tentam atingir o mesmo resultado, mas a maneira de chegar lá não é a mesma, às vezes os caminhos são diferentes”, ponderou. 

“Aqui a atmosfera certamente é mais relaxada, está tudo focado nos aspectos das corridas e tem menos política. Acho que é mais fácil para todo mundo”, considerou. 

Kimi, que antes da volta à Sauber não conhecia Frédéric Vasseur, elogiou o chefe do time, a quem classificou como alguém “muito das corridas”. 

“Obviamente, eu sabia o quão bem seu time se saiu na F2, na GP2 e na GP3”, comentou. “Mas, pessoalmente, eu não o conhecia até chegar na Alfa Romeo, e devo dizer que ele me parece alguém muito das corridas, focado no que é necessário para chegar na pista e se sair bem”, seguiu. Vasseur, antes de ser contratado pela antiga Sauber como chefe de equipe, comandava a ART Grand Prix, uma das principais equipes das categorias de base. 

Novo companheiro de Antonio Giovinazzi, Räikkönen tratou de minimizar sua importância para a Alfa Romeo e considerou que todos têm papeis valiosos. 

“No time, muitos têm um papel-chave, não tem uma única pessoa que tem um papel superior”, avaliou. “Têm muitas figuras cruciais, muito importantes”, frisou. 

“Eu sou o piloto mais experiente, é verdade, mas nós dois teremos de dar nosso melhor ao time”, concluiu. 

Fonte: Grande Prêmio 

Kimi está animado e bem satisfeito com a mudança. Depois de tantos anos e tantos times, é baca ver o Iceman assim, em uma nova equipe.

Eu confesso que para mim tem sido uma experiência tão renovadora. Voltei a ter vontade de ler sobre F1 porque quero saber o que se passa com a equipe do piloto para o qual eu torço. Voltei a ver vídeos onde especialistas analisam, ler textos dos jornalistas especializados. Voltei a ter uma motivação mesmo.

Eu não espero grandes resultados, obviamente, mas espero bons momentos. Sei que teremos alguns e para ser sincera, depois do GP dos EUA ano passado, estou aliviada que pelo menos uma vitória veio, já que na atual equipe do Iceman isto não é uma realidade.

Curtirei os momentos! Um GP de cada vez!!!! #meumantra

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Historinhas... é a vez de Niki Lauda

Lu, parabéns pelo seu dia!!!!