Ajuda

Giovinazzi acredita que Raikkonen não negará ajuda em sua temporada de estreia

Antonio Giovinazzi acredita que haverá uma forte comunicação entre ele e Kimi Raikkonen na próxima temporada. Os dois serão companheiros de equipe na Sauber, com Raikkonen retornando com um contrato de dois anos para a equipe em que ele fez sua estreia na F1, em 2001.

Giovinazzi já fez duas corridas com a Sauber, quando ele substituiu o lesionado Pascal Wehrlein nas duas primeiras corridas da temporada de 2017. No entanto, ele afirmou anteriormente que não acredita que sua experiência de dois anos atrás irá ajudá-lo.

No teste pós-temporada em Abu Dhabi, Giovinazzi revelou que ele manteve extensas conversas com Raikkonen: “Charles (Leclerc), disse que conversou com Vettel de vez em quando e Kimi um pouco”, disse Giovinazzi à Sky Italia.

“Mas no dia do teste eu conversei muito com ele, como nunca antes. Ele está muito motivado por essa nova experiência, então, como um campeão mundial, ele me ajudará a me desenvolver e não me negará nenhuma ajuda.”

Raikkonen deixa a Ferrari depois de cinco anos em seu segundo período com eles. Tendo desfrutado de uma forte parceria com Sebastian Vettel durante quatro desses anos na equipe, ele não espera que nada mude entre ele e o quatro vezes campeão mundial.

“Tenho certeza de que vamos nos encontrar com frequência”, disse Raikkonen. “Não acho que tenha mudado desde quando nos conhecemos pela primeira vez até hoje, então não vejo por que isso vai mudar em qualquer lugar, apesar de não estarmos correndo na mesma equipe. Vamos ficar amigos, e tenho certeza que viajaremos juntos às vezes e nos veremos”, finalizou Raikkonen.

Fonte: f1mania.lance.com.br  

Não vejo motivos pelos quais Kimi não conversaria ou não ajudaria Antonio. Ele nunca foi este tipo de piloto, de simplesmente ignorar companheiro de equipe.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Historinhas... é a vez de Niki Lauda

Lu, parabéns pelo seu dia!!!!