7 de outubro de 2018

Sem má intenção

Raikkonen não acredita que Verstappen teve má intenção

Finlandês diz que toque de Max Verstappen no GP do Japão afetou sua performance pelo resto da corrida, mas descartou que holandês tivesse má intenção

Max Verstappen teve incidentes com os dois pilotos da Ferrari neste domingo em Suzuka antes de terminar a corrida em terceiro.

O primeiro foi com Kimi Raikkonen, quando cortou a chicane e quando retornou à pista, ele acertou a Ferrari, e depois ele jogou com Sebastian Vettel quando o alemão tentou ultrapassá-lo.

Vettel culpou diretamente Verstappen pelo acidente, mas Raikkonen foi mais compreensivo.

"Tentei sair e deixar o máximo de espaço possível, mas ele foi para fora e passou por toda da pista, então talvez ele não pudesse mais fazer a curva", disse Raikkonen.

"Ficamos em uma situação estranha, não acho que ele queria bater intencionalmente em alguém, mas foi o que aconteceu e provavelmente há muitas razões", acrescentou.

O finlandês terminou a corrida em quinto lugar, pouco mais de 30 segundos atrás de Daniel Ricciardo, o quarto colocado, sofrendo com os danos causados ​​pelo contato com Verstappen. 

"Perdemos muito downforce, mas não há muito que possa ser feito depois disso, porque é uma área muito sensível, então foi muito difícil", disse ele. 

Depois de nova dobradinha da Mercedes e a quarta vitória consecutiva de Lewis Hamilton, Raikkonen espera que a Ferrari possa ter um final de semana livre de incidentes no próximo evento em Austin. 

"Obviamente, precisamos deixar essas coisas para trás", disse ele. "Se você olhar apenas para o resultado, não era o que queríamos, mas é o que acontece às vezes, temos que ir para a próxima corrida e procurar por coisas boas, precisamos ter um final de semana mais limpo." 

Fonte: br.motorsport.com

Eu estava tão cansada, mas tão cansada este final de semana que simplesmente perdi a hora da corrida e não vi os primeiros 10 minutos dela. 

Kimi no incidente com Verstappen disse inclusive que talvez devesse ter deixado mais espaço para o holandês.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: