7 de julho de 2018

Poderia ter sido...

A 0s098 da pole na Inglaterra, Räikkönen mostra frustração com 3º no grid: “Tinha todas as ferramentas para ser mais rápido”

Kimi Räikkönen surgiu no fim como o grande candidato a desbancar Lewis Hamilton e estragar a festa dos fãs do britânico em Silverstone no treino classificatório neste sábado. Mas o ‘Homem de Gelo’ perdeu um pouco de tempo no fim após ter feito a melhor primeira parcial do Q3. Resultado: um terceiro no grid com sabor amargo

Há tempos a F1 não via uma batalha pela pole tão apertada quanto neste sábado (7) em Silverstone. Lewis Hamilton tinha todo o histórico positivo que o creditava como o grande favorito à posição de honra, mas a Ferrari mostrou que cresceu muito e, de fato, chegou de vez na Mercedes. No fim das contas, Hamilton fez uma volta brilhante e quebrou o recorde da pista para garantir a pole 76 da carreira e a 50ª da equipe prateada. Sebastian Vettel ficou em segundo depois de ter sido superado por meros 0s044.

E Kimi Räikkönen? O ‘Homem de Gelo’ não indicou ter o mesmo nível de performance de Vettel nas primeiras fases da sessão classificatória. Mas o veterano deixou todo o seu potencial para o fim e quase surpreendeu os favoritos. Kimi chegou a marcar a melhor parcial no primeiro setor, mas perdeu um pouco de tempo na sequência da sua volta. O finlandês acabou em terceiro no grid, apenas 0s098 atrás da marca estabelecida por Hamilton.

O lugar na segunda fila foi considerado frustrante pelo nórdico logo após deixar o carro nesta tarde de sábado. “Acho que tinha todas as ferramentas hoje para ser mais rápido”, disse o piloto da Ferrari ao ser entrevistado por Martin Brundle ainda na reta dos boxes. 

“Tenho certeza que havia lugares para ganhar tempo e subir, mas obviamente não foi o caso hoje. Isso é o que nós temos, ficamos bem perto, mas o terceiro lugar não é tão ruim”, complementou. 

Antes, um momento curioso, quando o ex-piloto e atual comentarista fez a relação com o número do seu carro. “Sétimo dia do sétimo mês do ano. Você está feliz, Kimi?”. Bem ao seu estilo, o finlandês foi direto. “Não”. 

Para domingo, a expectativa da Ferrari, que aposta sempre no melhor ritmo de corrida, é de poder lutar diretamente com Hamilton pela vitória em Silverstone. “Acho que nós vamos estar bem para amanhã. Vai estar muito quente, o que não é fácil para os pneus”, complementou Kimi. “Não vai ser fácil. Você pode ver algumas coisas diferentes para amanhã. Vamos buscar o topo, com certeza”, finalizou.

Fonte: Grande Prêmio

Eu até fiquei satisfeita com esta terceira posição para ser sincera. Não esperava mais não.

Vamos ver o que pode acontecer amanhã na prova. Vai que Kimi dá uma sorte e vence né? E agora eu caio da cama e acordo do sonho! hahahaha...

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: