28 de julho de 2018

P3

Raikkonen: havia chance de estar “confortavelmente” na pole

Finlandês diz que carro estava prazeroso de pilotar, mas lamenta por não ter conseguido encaixar volta ideal

Kimi Raikkonen não escondeu a chateação por não ter aproveitado a oportunidade de marcar a pole position no GP da Hungria, mas destacou que o ponto positivo da sessão foi o comportamento de sua Ferrari.

Raikkonen chegou a ocupar o primeiro lugar nos instantes finais do Q3, mas foi superado por Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, da Mercedes, o que lhe rendeu o terceiro lugar no grid.

Raikkonen considerava que tinha a chance de lutar pela pole. “Obviamente [o terceiro lugar] não é ideal, mas acho que o mais importante e bacana foi que o carro estava guiável e prazeroso no molhado hoje”, analisou.

“Tive um pouco de azar. Coloquei pneus de chuva novos e não tinha muita aderência, fiquei atrás da Haas e não havia chance de melhorar. Havia a chance, nessas condições, de estar confortavelmente na pole, mas não aconteceu.” 

Foi a primeira vez que Raikkonen superou Sebastian Vettel em uma classificação desde o GP da Austrália, a abertura da temporada. O alemão garantiu o quarto lugar no grid.

Fonte: br.mortosport.com

É, veremos o que vai ser a corrida amanhã. Eu não me animei muito hoje com a possibilidade da pole não, sabia que as Mercedes iam tentar até o final.

Mas amanhã é outro dia. De repente, quem sabe, exista a possibilidade de uma chance de lutar por uma vitória de forma justa né? Não custa nada sonhar...

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: