24 de março de 2018

Netflix fará documentário sobre a F1

Netflix promete documentário da F1 para 2019

Temporada de 2018 do mundial será assunto de série do Netflix com veiculação marcada para o próximo ano Após acordo com o Netflix nos últimos meses, a Fórmula 1 anunciou neste sábado (24) que disponibilizará junto à empresa um documentário sobre a temporada deste ano no início de 2019.

A produtora responsável, a Box-to-Box Films, recebeu acesso total da Liberty Media ao paddock da F1, equipes e pilotos para uma série que promete ter dez episódios.

Um dos homens por trás disso é o produtor executivo James Gay Rees, que também foi responsável pelo aclamado Senna e pelo vencedor do Oscar, Amy, bem como os documentários de sucesso sobre o artista Bansky e a banda Oasis.

A F1 disse que a série "revelará a intensa luta de coração, alma e direção para o futuro deste negócio multibilionário".

O acordo foi bem recebido pelas equipes, cujos patrocinadores agora têm a chance de atingir uma audiência que pode não seguir a cobertura normal das corridas.

Chefe da McLaren, Zak Brown, que autorizou uma série da equipe no Amazon, disse que o acordo com o Netflix é positivo para o esporte.

"São boas notícias", disse ele ao Motorsport.com. "Nossa série no Amazon Prime foi muito bem com os fãs e mostrou a eles partes do esporte que ninguém jamais viu”. 

"A série do Netflix será um mergulho profundo no esporte, ao contrário de uma equipe apenas. Acho que algumas equipes darão mais acesso do que outras, por sua escolha.” 

"As pessoas que normalmente não seriam expostas a isso, vão se fascinar com isso. E, com sorte, isso nos levará a mais espectadores". 

Bela Bajaria, vice-presidente de conteúdo do Netflix, disse: "Esta parceria com a F1 reforça nossa missão de trabalhar com marcas de classe mundial e parceiros de produção para fazer as melhores séries sem roteiros". 

"A F1 é um esporte global, que estamos ativamente reposicionando agora, indo de uma empresa de automobilismo para uma marca de mídia e entretenimento", disse o chefe comercial da F1, Sean Bratches. 

"O acordo com o Netflix serve para narrar a fascinante história do que acontece nos bastidores durante uma temporada.” 

"Esta é uma perspectiva do esporte que ainda não foi revelada aos fãs ao redor do mundo. Esta série irá desencadear um ponto de vista do esporte que irá deliciar os fãs e servir como um catalisador para atrair novos fãs." 

Fonte: br.motorsport.com


Gente!!!! Queria para ontem já este documentário, não só para ano que vem!!!! 

Por isto eu fiquei feliz quando os americanos assumiram a F1 com a Liberty Media. Transformar a categoria em entretenimento e não somente esporte!!!! #Ansiosajá

É claro que a Ferrari vai ser a equipe que menos vai permitir ser filmada (time chato do caramba!!), mas já estou contando as horas para ver os bastidores da F1. Amo estas coisas!!!!

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: