31 de janeiro de 2018

O fim das Grid Girls

F1 elimina uso de grid girls a partir desta temporada 

Categoria diz que papel “não condiz com os valores” que o Liberty Media quer implementar a partir de 2018

Os chefes da F1 anunciaram que a categoria irá parar com a tradição de usar grid girls a partir desta temporada.

A mudança, que servirá tanto para a principal categoria do planeta quanto para os eventos suporte (como F2 e GP3) , faz parte da mudança de imagem do grupo Liberty Media.

O chefe comercial da F1, Sean Bratches, disse que sentiu que o uso de grid girls não se encaixa com a nova imagem que o Liberty quer para as corridas.

Em um comunicado emitido nesta quarta-feira, ele disse: “Durante o último ano, olhamos para várias áreas que sentimos que precisavam de uma evolução, a fim de deixar isso mais ajustado com nossa visão para este esporte.”

“Enquanto o uso de grid girls tem sido presente nos GPs de F1 por décadas, sentimos que isso não condiz com nossos valores de marca e está em desacordo com as normas da sociedade moderna.”

“Não acreditamos que a prática seja apropriada ou relevante para a F1 e para os fãs, os antigos e os novos, ao redor do mundo”, completou o dirigente.

Fonte: br.motorsport.com

Pois eu acho ótimo que eles vão acabar com as Grid Girls. 

Não há realmente nada de relevante no uso de mulheres para segurar plaquinhas e serem vistas como objetos sexuais ao redor do mundo.

Independentemente do país, estando a grid girl super bem vestida ou com um visual mais sexy, o objetivo é apenas um: a imagem do corpo feminino para enfeitar.

E nada é mais desagradável e degradante do que você ver um monte de homens com máquinas e celulares tirando fotos da bunda de uma mulher como se ela fosse um pedaço de carne. Sim, eu já vi isto com meus próprios olhos em diversas corridas no Brasil.  

Pois a Liberty Media tomou uma decisão acertadíssima.

Beijinhos, Ludy

2 comentários:

Carol Reis disse...

O que acham dessa matéria? http://www.bbc.com/sport/formula1/42890261

Muito se debate sobre a função das grid girls, mas ninguém se lembra de perguntar o que essas moças acham. Para mim, a palavra final deve ser delas.

Abs

Octeto Racing Team disse...

OI Carol!

Andrew concluiu bem no final! Concordo!

O mundo é outro... a mulher precisa ser vista mais do que um objeto... seja na vida, no trabalho ou no esporte!

Bjuss, Tati