29 de novembro de 2017

Não é a realidade

Kimi: Domínio da Mercedes em Abu Dhabi não é realidade

Para campeão de 2007, grande rimo da Mercedes em Yas Marina não é motivo para preocupação para 2018

Com Valtteri Bottas fazendo a pole position, a volta mais rápida e ganhando a prova em Abu Dhabi e Lewis Hamilton na segunda posição, muitos foram os que se decepcionaram e até se preocuparam com a performance da Ferrari.

Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen não andaram perto dos dois carros prateados nem na classificação e nem na corrida.

Quando perguntado se ficou preocupado com o déficit para a Mercedes, Raikkonen disse: "Não penso assim. Foi apenas uma corrida”.

"É óbvio que vimos em algumas outras corridas que uma equipe é mais forte que outras.”

"Na última corrida do ano, obviamente, queremos fazer o melhor possível, mas eles foram fortes aqui".

A Ferrari lutou com a Mercedes nesta temporada, pressionando o time alemão pelo título até Cingapura, quando os dois carros bateram na largada. Após isso, problemas de confiabilidade atingiram o time na Malásia e no Japão.

A equipe terminou em segundo lugar no campeonato, 146 pontos atrás da campeã mundial Mercedes, mas garantiu cinco vitórias após não vencer em 2016. 

Raikkonen está otimista sobre as chances da Ferrari de ser campeã no próximo ano. 

"No ano que vem, teremos carros novos para todos e coisas novas. Não acho que devemos nos preocupar demais", disse ele. 

"Nós sempre tentamos melhorar em todas as áreas e, obviamente, sermos os mais rápidos. Não vamos ficar felizes até que consigamos fazer dobradinhas o tempo todo. Mas não vai ser fácil.” 

"Com certeza eles foram fortes aqui, mas não estou realmente preocupado com o próximo ano.” 

"Nós tínhamos um carro muito forte em todos os lugares este ano. Obviamente, em alguns lugares nós éramos mais fortes do que outros.” 

"Nós vamos fazer o nosso trabalho e temos que melhorar para minimizar os problemas. Além disso, devemos estar lá."

Fonte: br.motorsport.com

Desta vez concordo com Kimi. Este ano a Ferrari andou bem mais próxima da Mercedes, eles não foram tão esmagadoramente superiores.

Em termos de time, a equipe alemã leva vantagem na força do motor e obviamente possui melhores estrategistas também. 

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: