23 de novembro de 2017

Longe do ideal

Raikkonen: Temporada foi longe daquilo que eu queria

Finlandês acredita que para voltar a vencer, necessita andar na frente com mais frequência

Kimi Raikkonen ainda não venceu desde que retornou à Ferrari em 2014 e mesmo com sete pódios neste ano, ele não acompanhou o ritmo do companheiro de equipe, Sebastian Vettel, e os dois pilotos da Mercedes, além de Daniel Ricciardo da Red Bull na classificação do campeonato.

Dentro da Ferrari, ele também perde para Vettel nos classificatórios, 14 a 5 até agora, tendo competido contra o alemão consideravelmente mais de perto no ano passado.

"Está longe do que eu gostaria, mas é onde estamos", disse Kimi sobre sua temporada antes da corrida final em Abu Dhabi.

"É assim que vai. Ainda falta uma corrida, tentaremos tirar melhor proveito e, obviamente, tentar fazer muito mais no próximo ano."

O finlandês, que foi mantido na Ferrari para 2018, continuou: "Obviamente, estou aqui para tentar ganhar corridas e campeonatos, por isso está longe de ser ideal.”

"Mas foi assim que aconteceu. Posso viver com isso, mas não é por isso que estou aqui.” 

Estando perto de vencer em diversas ocasiões neste ano, Raikkonen sente que apenas "pequenas coisas" lhe negaram um triunfo, mas admite que precisava estar entre os líderes com mais frequência. 

Perguntado sobre o que precisava para ganhar uma corrida, ele disse: "Acho que são muitas coisas. Se fosse fácil, todos poderiam vencer. Mas são muitas coisas. Pequenas coisas.” 

"Precisamos ser mais rápidos com mais frequência, e nos colocar em posição de vitória e, assim espero que algumas coisas venham em nossa direção. Tentaremos neste fim de semana e no próximo ano novamente." 

Fonte: br.motorsport.com

Pequenas coisas?!


E eu estou longe de comentar qualquer coisa. Só quero que esta temporada horrenda acabe logo!

Se bem que não vai adiantar nada, vai ser tudo igual no ano que vem. Para melhorar, evoluir, Kimi precisaria mudar a postura dele perante o time, como isto não vai rolar...


Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: