23 de outubro de 2017

Sobre Verstappen e a punição


Acho que as imagens falam por si só não é mesmo? Eu nem ia entrar nesta discussão porque sinceramente, pouco me importo que Verstappen foi punido e que Kimi ganhou o lugar no pódio.

Para mim, Räikkönen não deveria nem estar nesta situação, ele deveria ter ficado no segundo lugar que foi conquistado por ele por direito, na pista, mas como ele não pode chegar à frente do Vettel...

Vamos à punição. Na minha opinião, foi correta. Olhem para as fotos e vão ver as provas, Verstappen ultrapassou todo o limite da pista. Ponto!

Ele está no direito de ficar chateado? Claro! O pai dele pode dar chilique via Twitter? Claro, a rede social é dele e Jos faz dela o que bem entender.

Mas para mim a questão toda é a FIA e a falta de consistência nestas punições. E sobre isto, quem melhor falou sem ficar dando chilique e agredindo, foi Christian Horner.

"É corrida o que os fãs querem ver. Se você não quer que os carros vão para lá, coloque uma zebra maior ou algum cascalho ou algo mais. Acho que o que é irritante é a falta de consistência. Onde você desenha a linha? Para os fãs, para os espectadores, isso precisa ser claro. Como você pode dizer que o que Valtteri fez por um lado está bem, mas o que Max fez não está? Se em qualquer outro esporte, você está fora, então você está fora. Acho que o problema é que todos nós gastamos uma enorme quantidade de dinheiro indo às corridas e você quer que algo profissionalmente arbitrado. Acho que quando você toma decisões como a de hoje, é difícil entender onde a consistência está. Acredito que uma má decisão foi tomada no calor do momento e tirou uma pessoa do pódio, acho que foi uma decisão inconsistente, de acordo com outros incidentes que aconteceram na corrida. Eu acho que seria incorreto dizer que os comissários favorecem uma equipe em relação a outra. Eu apenas acho que foi uma decisão fraca." (link aqui)

Toda a análise do Horner foi perfeita. Há tempos que eu falo isto no Octeto, as punições da FIA são inconsistentes, há séculos. Punem um e pelo mesmo motivo, na mesma prova, não punem o outro.

Verstappen é o da vez e está causando comoção porque é o queridinho de todo mundo agora. Fãs, especialistas, dirigentes, jornalistas, todo mundo baba por ele, só que ele mesmo já se livrou de situações onde deveria ter sido punido e não foi.

A verdade é que é preciso um rumo certo, o que deve ser seguido, não o que definitivamente temos hoje. Para mim, comissários diferentes a cada GP não é algo legal. Escolham os mesmos para a temporada toda e os treinem, deem a eles um rumo. Esta mudança constante faz com que tenhamos diferentes interpretações de um mesmo acidente sempre. Fora todas estas punições horrendas de posição.Já está ridículo!

Enfim, minha opinião foi dada. Sim, Verstappen errou, mereceu a punição. Mas eu concordo com o Horner, a FIA precisa de consistência.

Beijinhos, Ludy

10 comentários:

Diogenes SSSCorreia disse...

"mas como ele não pode chegar atrás de Vettel..." Acho que você quis dizer que ele não pode chegar NA FRENTE do Vettel...

Octeto Racing Team disse...

Sim, foi isto mesmo. Obrigada pela correção.

Ludy

José Lopes da Silva disse...

Verstappen foi bem punido, sim. Isso não lhe retira mais uma corrida excelente a justificar por que motivo ele é o queridinho de todo o mundo que gosta de competição e está esperando para ver o que ele vai fazer nos próximos anos.

Jaqueline Ferraz disse...

As regras deveriam ser claras. E as punições deveriam ocorrer para todos os pilotos. Parece futebol, nada claro e equioes grandes favorecidas. Não dá para ir contra a imagem ele praticamente estava fora da pista, é claro que foi favorecido por isso. Quanto ao Kimi ser o segundo piloto e a Ferrari deixar isso bem claro nas transmissões do rádio é algo vergonhoso!
Torcendo para o Hamilton, porque para a Ferrari não torço nunca mais!!!

Jaqueline

wagner disse...

Concordo, Ludy, e acrescento: certo ou errado, não existe meio certo ou meio errado.

arthur disse...

Foi uma coisa que eu tbm pensei, além do que foi colocado neste post: se não querem que tentem passar por onde não dá, que taque logo grama ao redor dos circuitos, que já impossibilita de uma vez que tentem cortar ou alargar além da conta como estavam fazendo a rodo ontem.
A sanitização das pistas atuais só tem criado precedentes para que coisas assim ocorram, pois é impossível pensar que o piloto no calor do momento não vai ao menos ficar tentado em colocar o carro num destes estacionamentos em forma de área de escape para tentar um último movimento.

Anônimo disse...

Mas como chora o tal do Verstappen! Achei bem feito pra ele. Polêmica a parte, a FIA precisa definir de uma vez por todas essa situação dos limites da pista. Pq quem assistiu os treinos livres e o treino classificatório viu q foi um ObaOba e praticamente todos os pilotos passavam com as 4rodas fora dos limites de pista e as voltas eram validadas. O q e preciso fazer na minha opnião pra acabar com o Mimimi: Quando acontecer do piloto passar com as 4rodas fora dos limites da pista seja em treino livre,Treino classificatório a volta e anulada. E na corrida se acontecer a ultrapassagem usando os limites extra pista haverá punição de 5segundos(Como ocorreu no caso do Verstappen). Que a FIA deixe isso bem claro. E não importa se é carro da Ferrari,Mercedes ou Sauber. A regra é para todos.

Andrey Neves

Octeto Racing Team disse...

José Lopes, em nenhum momento eu falei que a corrida dele não havia sido boa, só enfatizei que há sim um sentimento de tudo que Verstappen faz as pessoas aplaudem.

Obrigada a todos pelos comentários. Acho que estamos todos de acordo que o problema é a FIA não saber que direção tomar e por causa disto, situações como a de ontem ainda acontecerem.

bjs, Ludy

mário Paz disse...

Sobre a discussão a respeito dos limites de pista e se a punição foi justa, tenho duas perguntas em que as respostas encerram a polêmica: Verstappen levou vantagem na manobra ? Sim...Se não houvesse punição por exceder os limites de pista os pilotos utilizariam esse expediente ? Sim, pois tornaria a pista mais larga, por consequência mais veloz. Então que se passe a questionar a não punição aos outros pilotos que excederam os limites de pista, e esqueçam a única penalização correta, que foi a do Verstappen. Outro fato que ninguém pareceu perceber é que Max não alargou a trajetória por forçar demais e perder aderência desgarrando-se para o lado externo da curva, o que comumente acontece, ele simplesmente cortou caminho pelo lado interno da curva, ele deliberadamente escolheu aquela trajetória por ser obviamente uma linha reta a menor distância entre dois pontos.

Eric Oliveira disse...

O fato na corrida de ontem é que Verstappen fez uma prova muito boa e como agora ele tem uma fã base enorme, muitos ficaram irritadinhos porque seria "brilhante" o queridinho conseguir esse pódio, porém isso não dá o direito dele fazer daquela forma, realmente as punições da F1 são muito inconsistentes, ano passado onde ele deveria ter sido punido na Hungria, Spa e Japão , não foi, e em dois desses casos foram em cima da Ferrari, e aí? Concordo que a equipe tem uma influencia imensa sobre a F1, porém as imagens falam por si só, antes dele ser punido não acreditei que os comissários teriam essa coragem, porque a transmissão já tinha mostrado o que ele fez, visto que muita gente comemorou o feito do moleque. Ano passado no México ele também cortou caminho, mas impressionante como tem malícia nas atitudes dele, fica simplesmente calado do tipo "Se colar, colou" até ser constrangido e retirado as pressas da cerimônia do pódio. Mas enfim.

Bjo meninas.