27 de setembro de 2017

Em risco

Para Villeneuve, união com Honda põe Toro Rosso em riscoPara Villeneuve, união com Honda põe Toro Rosso em risco

Campeão de 1997 acredita que equipe de Faenza possa entrar em período difícil em parceria com fabricante japonesa

Sempre contundente e polêmico em suas opiniões, Jacques Villeneuve crê que a Toro Rosso tenha se equivocado ao se juntar à Honda a partir de 2018. Para o canadense, a montadora japonesa não poderá fazer um motor bom o bastante para ser competitivo na Fórmula 1.

"Eu não entendo a Toro Rosso", disse Villeneuve quando perguntado pelo Motorsport.com sobre a união com a Honda.

"Eles veem o que acontece há três anos, como você pode imaginar que isso irá ajudá-los? Ok, há dinheiro. Mas para andar em último?"

"Quando você aceita dinheiro para ser mais lento, depois de dois anos você pagará o preço. É como quando as equipes contratam pilotos lentos que pagam. Dois anos depois, eles morrem."

"É uma grande aposta, a menos que alguém faça o motor e a Honda coloque o nome nele, o que, a meu ver, é possível."

Acredita-se que a Honda não tenha a intenção de ter uma fabricante rival a ajudando com seu desenvolvimento. A falta de confiabilidade e desempenho ao longo dos três anos com a McLaren foram as razões pelas quais a sociedade com o time britânico se dissolveu.

O fabricante japonês espera otimizar seu desempenho no próximo ano após os progressos realizados neste ano.

Mas Villeneuve duvida: "Por quê? Já vimos algo que possa sugerir que eles possam fazer isso?"

"Eles precisam de um novo motor. Todo o projeto começou mal, e eles precisam de uma mudança completa. Se você estiver em uma pequena equipe como Toro Rosso, isso se torna ainda mais difícil."

Fonte: br.motorsport.com

Sinceramente, acho que a Toro fez um péssimo negócio. Jacques está certo.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: