12 de agosto de 2017

Relembrando

O som é lindo. Saudades deste barulho maravilhoso que sempre foi música para nossos ouvidos, mas as lembranças desta corrida, para mim, em 12 anos como torcedora de Kimi, são as mais dolorosas possíveis.

A injustiça desta desta prova eu nunca vou conseguir aceitar. O coração aperta só de rever, embora também fique cheio de orgulho pelo show que o Iceman deu neste dia e lutando até o fim.


Ah Spa... aquele fio de esperança de toda temporada...

Beijinhos, Ludy

Um comentário:

Eric Oliveira disse...

Essa sem dúvida foi a derrota mais dolorosa!! =/