22 de agosto de 2017

Kimi fica na Ferrari para 2018

Ferrari anuncia renovação de acordo com Raikkonen para 2018

Piloto finlandês, o mais velho da F1 em atividade, permanece na equipe italiana pela quinta temporada consecutiva

Kimi Raikkonen está garantido na temporada de 2018 da F1. Na manhã desta terça-feira (22), a Ferrari anunciou que renovou o contrato do piloto finlandês por mais um ano.

O anúncio foi feito em um breve comunicado: “A Ferrari anuncia que renovou seu acordo técnico e de corridas com Kimi Raikkonen. O piloto finlandês irá, portanto, correr para a equipe de Maranello no Campeonato Mundial de F1 de 2018”, diz.

Assim, uma vaga já se fecha no time para o ano que vem. Seu atual companheiro de equipe, Sebastian Vettel, ainda não tem sua posição definida para a próxima temporada, já que seu contrato expira ao fim de 2017. 

Raikkonen, de 37 anos, é o piloto mais velho da F1 em atividade. Ele está na Ferrari desde 2014, quando se juntou novamente à equipe italiana, e atualmente ocupa a quinta colocação no campeonato. 

É a segunda passagem de Raikkonen por Maranello. Na primeira, entre 2007 e 2009, conquistou seu único título mundial de pilotos, o que representa a última conquista para a Ferrari até então. 

Fonte: br.motorsport.com

Houve um tempo em que ao acordar logo cedo para ir trabalhar e me deparar com uma notícias destas me faria ligar o computador na mesma hora, postar aqui no Octeto e dizer o quão feliz eu estava. Hoje não.

Aliás, a partir de hoje, tudo e qualquer coisa que acontecer entre Kimi e esta equipe maldita pela qual ele terá passado a maior parte da sua carreira na F1, será responsabilidade única e exclusiva de Räikkönen, afinal de contas, ele sabe o que faz não é mesmo?

Eu disse e repito, o GP da Hungria me mudou como torcedora do finlandês. Não deixarei JAMAIS de torcer por ele, ou de assistir aos GPs, de seguir sua carreira enquanto ele pilotar, mas simplesmente não vou mais defendê-lo como sempre tive o prazer de fazer toda vez em que senti que era necessário, ainda que ele jamais soubesse disto. Este desejo de proteção se quebrou no GP húngaro.

Vou parar de escrever sobre Kimi? Não, mas para meu próprio bem como torcedora do Iceman, vou compartimentalizar. O que eu amo sobre Räikkönen continuará aparecendo neste blog, e o que me chateia ou me decepciona, também. Na verdade, quem me segue neste espaço sabe que isto foi o que eu sempre fiz. E agora não será diferente, só acho que mais coisas vão me deixar chateada.

Sobre o anúncio de hoje, desta renovação para 2018, não sei se vocês perceberam, mas a forma como foi feito já demonstra todo o "respeito e carinho" da equipe para com ele. Poderiam ter esperado por Monza, para anunciar seus dois pilotos na corrida dentro de casa, mas não.

Enfim, o show deve continuar, o que se quebrou nesta minha dinâmica de torcer pelo finlandês só o tempo vai dizer se um dia vai melhorar. Não vou deixar de ficar satisfeita com os pódios, se eles vierem, com as vitórias (elas nunca virão, mas enfim...) caso um dia isto aconteça novamente.

Estarei aqui esperando por isto, não irei a lugar nenhum enquanto o Iceman ainda pilotar, continuarei o seguindo mesmo no local em que eu mais detesto que ele esteja. Só não serei subserviente e cega. Se algo acontecer e eu não gostar, vou falar, como sempre fiz. Assim como elogiarei e ficarei feliz quando este for o momento.

Beijinhos, Ludy

Um comentário:

Diogenes SSSCorreia disse...

Tomei um balde de agua fria com essa noticia... Eu que estava tão feliz com os boatos de que ele não renovaria...vida que segue