26 de julho de 2017

O crescimento da F1 nas mídias sociais

F1 é esporte que mais cresceu nas mídias sociais em 2017

Nova dona dos direitos comerciais do campeonato, Liberty Media faz seguidores aumentarem pela metade neste ano

A Fórmula 1 é a modalidade esportiva que mais cresceu nas mídias sociais no primeiro semestre de 2017. Comandada agora pelo grupo norte-americano Liberty Media, a categoria se livrou do antigo distanciamento dos fãs que tinha com o britânico Bernie Ecclestone no comando e cada vez mais vem agradando sua audiência.

A base seguidora da F1 passou a marca de 10 milhões durante a primeira metade da temporada de 2017 - aumento geral de 56% em relação ao final de 2016. O esporte ainda viu triplicar seu crescimento em comparação com outros campeonatos, como a UEFA Champions League, MLB, NASCAR, NBA e a Premier League.

A conta do YouTube da F1 tem no momento mais de 580 mil assinantes, aumentando o antigo número em 178%, enquanto seu Instagram viu um aumento de 104% nos seguidores, para pouco menos de 3 milhões.

Os novos conteúdos de vídeo se mostraram particularmente populares, com visualizações de vídeos no site oficial da F1 crescendo em 283%.

No Facebook, a recente publicação de vídeo após a classificação para o GP do Canadá, na qual Lewis Hamilton recebeu um capacete de Ayrton Senna por empatar seu recorde de 65 poles, é o vídeo mais popular da F1, com mais de 7,7 milhões de visualizações.

Frank Arthofer, chefe de negócios digitais da F1, descreveu os números como "encorajadores". 

"Um dos objetivos que estabelecemos no início da temporada foi ampliar o público da Fórmula 1 em nossas plataformas online”, falou. 

“Descobrimos que em alguns dos nossos mercados mais ávidos as nossas bases de fãs são um pouco mais antigas: então, rejuvenescer o público é e continuará a ser uma prioridade." 

"Os números da primeira parte do campeonato são muito encorajadores. Aumentamos o conteúdo oferecido e o envolvimento dos fãs foi incrível.” 

“Isso significa que estamos no caminho certo e, no momento, a Fórmula 1 é a marca de esporte que mais rapidamente cresce nas mídias sociais. Este é o tipo de sucesso que este esporte merece."

Fonte: br.motorsport.com

Há tempos a gente fala isto, tinha que investir nas plataformas online porque isto é bacana, traz público, é interessante para eles e para nós.

Graças aos deuses do automobilismo nossas preces foram ouvidas. Não está perfeito ainda, mas é infinitamente melhor do que na época do Bernie. #fato

E tenho certeza que vai melhorar ainda mais. 

Mas sabe o que seria perfeito? Transmissão das corridas pelo You Tube ou pelo Facebook. #sonharnãocustanada

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: