29 de maio de 2017

Obrigada Indy, por tudo!

***

UAU! 

Infelizmente acabou nossa aventura na Indy.

Quando Alonso anúnciou que iria para Indy 500, eu quase caí da cadeira. Não, não por causa de Mônaco (Mônaco e F1 que se explodam), mas eu tive medo. E quando você vê os acidentes de Bourdais e do Scott Dixon com Jay Howard vocês são capazes de entender o porquê do meu medo. Medo puro e simples... A Indy não para brincadeira... mas quem disse que Alonso iria lá para brincar?

Eu continuei sentindo medo desde a primeira vez que entrou dentro do carro no ROT até ontem quando ele saiu (graças a conhecida incompetência da HONDA em fazer motores decentes) são e salvo!

Mas junto ao medo, estava a alegria e a emoção ao ver Fernando onde merece: entre os primeiros e disputando vitórias.

Sou grata aos Andretti que foram MARA com Alonso, ao Gil que foi seu Coach, aos pilotos da Indy que o acolheram tão bem, e mesmo os pilotos que foram contra a ida dele (o que eu acho normal...), aos fãs ... aos EUA! Tudo foi perfeito!! A vitória, que chegou a ser cogitada de fato ontem, seria apenas a cereja do bolo! Porque PARA MIM como fã do Fernando Alonso há tanto tempo, depois de ter passado tudo que eu passei ao longe de mais de 10 anos entre vitórias, derrotas, linchamentos públicos da imprensa, críticas de todos os tipos... esta foi uma das experiências mais LOUCAS, intensas e lindas que vivenciei como alonsista!

Foram 15 dias de pura emoção! Fosse ao ver Alonso guiando na pista ou me divertindo com tantos vídeos e entrevistas! Foi uma overdose como há muito eu não tinha! #adoro

A F1 tem conseguido, ao longo dos últimos tempos e junto com os anos de ferrari, destruir meu interesse em ver corridas. Além do Alonso não disputar nada, os únicos pilotos que disputam hoje, eu odeio. Então a Indy foi come encontrar um oásis no deserto, uma injeção de ânimo depois de tanta desilusão.

Por isso estou grata por todos que fizeram destes 15 dias do Fernando na Indy, algo muito além do esperado!

AH! Eu sou grata também ao Zak!!! Posso dizer que ele entrou para meu caderninho do "amigos queridos da Tati". Gosto mais dele a cada dia, porque desde o começo ele entendeu com quem estava lidando e respeitou e tratou o Fernando como ele merece. Sem falar que Brown junto com Mario, que faz isso acontecer né?! Gratidão eterna.

E por fim, fico grata ao autor do texto por escrever palavras tão bonitas. Não estou acostumada com tanta coisa positiva escrita sobre Fernando. Na F1 Alonso sofre, como disse antes, um linchamento midiático que faz dele uma pessoa que, acredito do fundo do meu coração, que ele não é. Arrogante. Mau perdedor. Mesquinho. Alguém com quem ninguém quer trabalhar.

Por exemplo, NINGUÉM nunca soube desta história do Alexander Rossi, pelo menos nunca li ou vi em lugar algum (descobri somente agora na Indy porque o pai do Rossi contou). E acho que mesmo que algum jornalista na F1 tenha ouvido, não seria interessante divulgar, afinal a imagem do Alonso vilão que eles levaram ANOS e ANOS construindo não combina com um cara que ajuda um novato. E provavelmente daí vem a "surpresa" e paixão que muitos desenvolveram pelo espanhol nos últimos dias. Eles viram o cara sem tanto filtro... #plaquinhaeujasabia
Pelo menos agora a F1 e a Liberty poderão ficar descansados e dormir aliviados porque Alonso voltará para F1 e não poderá mais ofuscar o pouquíssimo brilho que seu campeonato e sua disputa têm. 

A única coisa que eles, e ninguém pode garantir, é que Fernando não apronte alguma surpresa no meio do caminho ... porque este espanhol adora surpreender!! hehe

Não sei se Alonso irá voltar à Indy 500 ou não. E para ser sincera, neste momento isso pouco importa. O que vale hoje é a emoção que vivenciamos ontem.

Alonso acelerou muito, ultrapassou, foi ultrapassado, liderou e até sonhou com a vitória. No final, apesar de mais um desgosto da Honda, ficou claro para o MUNDO do automobilismo que Alonso é um MONSTRO do esporte e fez história ontem.

E assim como títulos e vitórias, histórias também ficam para sempre!

Bjusss, Tati

2 comentários:

Ângela Lima disse...

Não sei quem é esse Doyel, mas ele ganhou meu coração.

Julie disse...

Foi uma corrida emocionante, fora de série! Alonso se divertindo, mostrando o porquê é o melhor da atualidade. E mais, ao sair da corrida, Alonso ser aplaudido de pé pelo público local foi de arrepiar! Parabéns ao nosso "rookie", e que ele nos proporcione outras corridas maravilhosas como a Indy500. E Que venha a Le Mans! hahahaha

Bjussss
Julie