13 de maio de 2017

Milagre

2º, Vettel agradece “milagre” da Ferrari, se vê muito perto da Mercedes e só “quer fazer tudo certo” na largada

Sebastian Vettel viveu um sábado tumultuado e marcado por uma troca de motor. Ainda assim, a Ferrari conseguiu deixar o carro do alemão pronto a tempo, e ele não desperdiçou a chance, cravando a segunda posição do grid, a apenas 0s051 de Lewis Hamilton, o pole

Sebastian Vettel viveu um sábado (13) de sentimentos distintos em Barcelona, onde a F1 está para a quinta etapa da temporada 2017. No último treino livre do fim de semana, o alemão não conseguiu encarar as Mercedes e sequer pode ficar à frente do companheiro Kimi Räikkönen. Como se não bastante, ainda enfrentou uma falha na unidade de potência, que forçou a Ferrari a fazer uma troca do motor de combustão interna - a terceira do ano. A equipe italiana trabalhou rápido e conseguiu deixar a SF70H #5 pronta a tempo para a classificação. E o tetracampeão não perdeu a chance de construir um resultado forte.

Mesmo errando em suas voltas finais do Q3, Vettel viu com satisfação o tempo de 1min19s200, que o colocou na segunda posição do grid, apenas 0s051 mais lento que a marca feita por Lewis Hamilton, que sai na pole-position no domingo. Sebastian agradeceu à esquadra vermelha pelo trabalho no intervalo entre o TL3 e a definição das posições de largada, e reconheceu também que cometeu seus errinhos durante os giros decisivos.

"Foi uma travadinha, essa foi a diferença", disse o alemão diante da torcida espanhola. "Eu venho aqui há tantas temporadas e essa última chicane ainda é complicada para mim. Mas foi bem perto", completou. 

"Nós tivemos uma manhã ocupada e um tenho de dizer um enorme obrigado à equipe pelo que eles fizeram. Eles fizeram uma mudança de motor em menos de duas horas, o que é inacreditável. Foi um milagre terem deixado tudo pronto. Teria sido melhor ter ficado com a pole, mas vamos ver amanhã", emendou o ferrarista, que tem 13 pontos de vantagem para Hamilton na liderança do Mundial. 

Vettel também destacou as boas atualizações trazidas pela Ferrari para o GP da Espanha. "Estou feliz com as peças que temos aqui. Talvez não sejam tão chamativos, mas estão funcionando bem. Estou feliz como tudo está acontecendo. Para amanhã, só preciso fazer tudo certo no início que é a melhor maneira de atacar e defender", explicou. 

"Em termos de desempenho, está tudo muito próximo. Acho que poderíamos ter sido pole hoje, e isso me deixa um pouquinho chateado. Por isso, estou satisfeito para amanhã", concluiu Seb.

Fonte: Grande Prêmio

O que foi o que falei ontem? Então tá...

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: