12 de maio de 2017

Dia difícil

Räikkönen fala em condições de pista complicadas em Barcelona e resume primeiro dia de treinos como “difícil”

Kimi Räikkönen completou o primeiro dia de treinos para o GP da Espanha na terceira colocação, 0s310 atrás do líder Lewis Hamilton. Apesar da pouca diferença, o finlandês não fez um balanço dos mais positivos do primeiro dia em Montmeló

Terceiro colocado no primeiro dia de treinos para o GP da Espanha, Kimi Räikkönen não fez um balanço dos mais positivos desta sexta-feira (12) em Barcelona. Na visão do finlandês, o dia inicial de trabalhos na Catalunha foi “no geral, difícil”.

O finlandês completou um total de 58 voltas, a melhor delas em 1min21s112, 0s310 mais lento que Lewis Hamilton, o líder dos trabalhos em Barcelona.

Em um dia de estreia de atualizações na SF70H, a Ferrari não conseguiu igualar o nível da Mercedes, que liderou as duas sessões do dia com dobradinhas de Hamilton e Valtteri Bottas.

Mesmo assim, Kimi não reportou problemas com o bólido italiano, mas destacou a condição de pista como maior dificuldade. 

“No geral, foi um dia difícil”, disse Räikkönen. “Acho que as condições eram muito complicadas, especialmente no final, mas é a mesma coisa para todo mundo”, seguiu. 

“É bem normal que no teste o circuito pareça muito bom e aí quando chega o verão, é mais escorregadio e complicado”, ponderou. “Não foi um dia fácil, mas nós continuamos tentando algumas coisas e, obviamente, veremos onde estamos amanhã”, completou.

Fonte: Grande Prêmio

Como eu disse, sexta é o dia das dificuldades acontecerem, para que no sábado elas possam ser superadas, se possível.

Mas é normal a Mercedes reagir né? O pessoal na Ferrari achou que seria fácil o tempo todo?! Claro que não né?

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: