30 de abril de 2017

Finlândia, Alemanha e Finlândia

Finlandês supera Vettel e Raikkonen na largada e resiste pressão na Rússia para conquistar primeiro triunfo da carreira

Duas semanas após conquistar a primeira pole position na carreira, Valtteri Bottas conquistou neste domingo (30) seu primeiro triunfo na Fórmula 1. O palco foi o circuito de Sochi, na Rússia.

Depois de ficar a 0s095 da pole position, Valtteri se aproveitou de uma ótima largada para pular na frente das Ferraris de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen e não perdeu a vantagem em nenhuma das 52 voltas da prova. Estreante da F1 em 2013, Bottas se tornou o 107ª piloto e o quinto finlandês a triunfar na F1.

Vettel ainda tentou incomodar Bottas no final da corrida, mas o finlandês resistiu bem.

Líder do campeonato, o tetracampeão aumentou sua vantagem de sete para 13 pontos para Lewis Hamilton no mundial de pilotos depois de ser o segundo e ver o rival inglês apenas em quarto. Hamilton reclamou durante toda a prova de problemas de temperatura em sua Mercedes e não fez boa prova.

Em terceiro, Kimi Raikkonen foi para seu primeiro pódio desde o GP da Áustria do ano passado.

Felipe Massa vinha fazendo boa corrida e chegaria em sexto se não tivesse que fazer mais um pit stop no fim da corrida por um furo de pneu. O piloto foi o único na zona de pontos que fez duas paradas e acabou recuando para nono lugar.

O espanhol Fernando Alonso acabou não largando após enfrentar problemas mecânicos com sua McLaren na volta de apresentação. A prova teve uma intervenção do Safety Car após um acidente entre Jolyon Palmer e Romain Grosjean na primeira volta.

A corrida 

Antes mesmo da largada, Fernando Alonso parou sua McLaren após reclamar de problemas mecânicos ainda no grid. Estacionando seu MCL32 na entrada do box, o piloto provocou outra volta de apresentação e reduziu a corrida em uma volta. 

Na largada, Bottas passou as duas Ferraris e foi para primeiro. Vettel caiu para segundo, com Raikkonen em terceiro. Hamilton se manteve em quarto, enquanto Verstappen subiu para quinto com Massa em sexto. 

Logo em seguida, Grosjean e Palmer se tocaram, o que trouxe o Safety Car à pista. Ambos abandonaram. 

No retorno, Daniel Ricciardo abandonou com problemas no freio traseiro direito. 

Pouco houve na corrida até as primeiras paradas, ocorridas na volta 22. O primeiro dos ponteiros a entrar foi Felipe Massa. O líder Bottas entrou na volta 27, ele foi seguido três voltas depois por Raikkonen e por Hamilton. 

Vettel parou na volta 34 e a classificação foi reestabelecida. 

O alemão diminuiu bastante a diferença para Valtteri Bottas e pressionou o finlandês pela ponta nas últimas voltas. O piloto da Mercedes, no entanto, resistiu bem. 

A próxima etapa da F1 ocorre na Espanha, no dia 14 de maio.


Fonte: br.motorsport.com

Corridinha chata do caramba! Pelo amor de nossa senhora da bandeira quadriculada!!!!

Resumindo rapidamente para os octetes, Vettel mais líder do que nunca, Kimi finalmente foi para o pódio e Alonso continua seu martírio naquele lixo chamado "carro de corrida".

E confesso que fiquei emocionada com a emoção de Bottas no pódio na hora do hino. 

Veremos o que a etapa europeia do campeonato vai nos reservar.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: