9 de março de 2017

Cedo

Vettel rejeita favoritismo da Ferrari: "ainda é cedo"

Sebastian Vettel afirma que a Mercedes segue sendo a equipe a ser batida, apesar de ritmo da Ferrari nos testes de pré-temporada 

Sebastian Vettel registrou, na manhã desta quinta-feira (9), o tempo mais veloz até o momento nos testes de pré-temporada em Barcelona - 1min19s024, calçando os pneus ultramacios. Para quem observava na pista, ficou claro que o alemão poderia ter sido ainda mais veloz, especialmente no último setor. 

A equipe italiana tem impressionado nos testes até agora. Lewis Hamilton disse, na terça-feira, que a "Ferrari deve ser a favorita." 

Vettel, porém, não tem a mesma opinião, citando a quilometragem adquirida pela Mercedes e exemplos das últimas temporadas. 

"O carro é muito melhor do que o do ano passado, pois o regulamento nos deu isso. Até agora, tudo parece fazer sentido, mas ainda é cedo", disse. 

"Se você olhar para a quantidade de voltas que a Mercedes fez, se você olhar para o histórico deles nos testes e o quanto eles conseguem evoluir para as corridas, creio que fica claro que eles estão muito velozes. Se você olhar para o ritmo de corrida deles, acredito que são os adversários a serem batidos", afirmou. 

"Para nós, não importa muito nosso nível atual. Estamos crescendo, precisamos trabalhar duro e sabemos que precisamos melhorar. É importante não nos distrairmos agora", acrescentou. 

Questionado se havia reduzido o ritmo intencionalmente no último setor, Vettel respondeu: "Nem sempre é intencional. No fim, precisamos cumprir nossa programação - às vezes você vai andar rápido, às vezes mais lento. Mas creio que você conseguiu ver que nesta manhã estávamos andando mais rápido do que nos dias anteriores e na semana passada, acho que ficou claro." 

"Não acho que olhar para uma volta seja o mais importante, acredito que você precisa olhar para mais do que isso. Neste sentido, ainda há muito trabalho a fazer", completou.

Fonte: br.motorsport.com

Vettel falou exatamente o que eu mencionei abaixo, só que de forma mais profunda. A Ferrari ainda precisa evoluir, por isto é tão importante olhar para o todo e não apenas para ser o mais rápido.

Não acho que a Ferrari seja favorita, estes testes não comprovam isto. Pode ser que ela seja uma das equipes que venha a brigar com a Mercedes? Claro que pode, se o que aconteceu nos testes for comprovado em pista, já que de fato ela pareceu forte. Mas até lá, não adianta ficar tentando adivinhar nada.

Por isto Vettel está certo, é cedo para afirmar categoricamente que o time italiano é favorito.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: