3 de setembro de 2016

Satisfeito

Räikkönen reconhece domínio das Mercedes e se mostra satisfeito com quarta colocação para GP da Itália

Kimi Räikkönen só lamentou ser superado pelo companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel, na última volta do treino classificatório em Monza. O campeão de 2007 vai largar da quarta colocação do grid

Diante do notório domínio das Mercedes no treino classificatório para o GP da Itália, a Ferrari considera que fez o possível para conseguir a segunda fila neste sábado (3). Kimi Raikkonen reconheceu as limitações da escuderia e se mostrou até satisfeito com a quarta colocação no grid.

O finlandês só lamentou perder a terceira posição na última volta, exatamente para seu companheiro de equipe Sebastian Vettel, apenas 0s093 mais rápido. Os dois ferraristas, no entanto, levaram um verdadeiro temporal da Mercedes no circuito de Monza.

“Fizemos o máximo com nossos carros para hoje. Não é o lugar mais fácil para fazer uma boa volta porque um erro muito pequeno custa muito tempo no final. Nós tentamos, mas obviamente não foi o suficiente para a primeira fila e isso é que conseguimos”, resumiu Raikkonen. 

Quarto no grid e quinto na classificação geral do campeonato, Raikkonen já deixou claro neste fim de semana que espera mais do motor Ferrari para o próximo ano. O finlandês classificou o desenvolvimento do carro até aqui apenas como regular e quer algo mais para 2017. 

“Foi apenas um progresso normal na nossa performance. Nós tentamos melhorar em todas as áreas e o motor foi uma delas. Foi apenas um pequeno passo, mas acredito que na direção correta”, disse.

Fonte: Grande Prêmio

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: