2 de setembro de 2016

Pouca coisa

Räikkönen minimiza importância de motor atualizado da Ferrari em desempenho na Itália: “É pouca coisa”

A Ferrari apresentou como grande novidade para o fim de semana a última atualização do motor que empurra os carros de Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen. Contudo, na visão do ‘Homem de Gelo’, a unidade de potência atualizada não conta tanto para a melhora de performance da SF16-H, sobretudo no segundo treino livre desta sexta-feira em Monza

A grande novidade da Ferrari para o fim de semana do GP da Itália é a última e definitiva versão do motor que empurra os carros de Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen. A escuderia de Maranello gastou as últimas fichas de desenvolvimento para evoluir a unidade de potência, e será com esta versão que o time vai fechar a temporada. Depois de uma manhã de sexta-feira (2) em que as SF16-H terminaram mais de 1s atrás da Mercedes de Nico Rosberg, a tarde foi bem melhor, com Räikkönen terminando em quarto lugar, sendo superado apenas por Lewis Hamilton e por Nico, além do seu companheiro de equipe.

O melhor tempo do ‘Homem de Gelo’ foi de 1min23s427, 0s626 mais lento que a marca estabelecida por Hamilton. Mas, na visão de Kimi, o motor atualizado da Ferrari teve pouca importância em termos de desempenho. Para o comedido Räikkönen, trata-se de “pouca coisa”.

“Acho que o primeiro treino foi muito bom, o segundo um pouco menos bom, com os pneus novos e as bandeiras vermelhas, essas coisas. No geral, não foi tão ruim, o carro parecia bem ok. Há coisas para melhorar, sempre, mas começamos bem ok”, avaliou o veterano de 36 anos.

Questionado sobre o motor, Räikkönen adotou a costumeira postura minimalista e preferiu não se empolgar. “Ele representa pequenos passos e não iríamos colocar nada no carro que não melhorasse nossa performance. É só um progresso normal, tentamos melhorar em todas as áreas e esta é uma delas. É pouca coisa, mas é o caminho certo”.

“Como sempre, evoluímos, temos as melhorias sobre a mesa e os treinos correram bem, ainda que a segunda sessão tenha sido um pouco caótico, sem fazer boas voltas. Apesar de tudo, correu seu problemas, e o carro funcionou bem”, concluiu. 

A F1 retoma as atividades de pista neste sábado (3) em Monza. A partir das 6h (horário de Brasília), os pilotos voltam ao circuito para a disputa do terceiro treino livre, com duração de uma hora. E às 9h, acontece a definição do grid de largada do GP da Itália. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Fonte: Grande Prêmio

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: