24 de agosto de 2016

ROC 2017 em Miami

Corrida dos Campeões confirma presença de Vettel e anuncia próxima disputa para janeiro de 2017 em Miami

A próxima edição da tradicional Corrida dos Campeões não será realizada no fim do ano, como de costume, mas sim em janeiro, mais precisamente entre os dias 21 e 22, no estádio de beisebol do Miami Marlins. Sebastian Vettel já está confirmado no evento, que também terá a presença garantida dos norte-americanos Kurt Busch e Ryan Hunter-Reay

Tradicional evento que marca o fim do ano no automobilismo mundial, a Corrida dos Campeões terá sua próxima edição realizada apenas no começo de 2017. A organização da prova, liderada por Frederik Johnsson, anunciou que pela primeira vez o evento vai acontecer nos Estados Unidos, mais precisamente em Miami, entre os dias 21 e 22 de janeiro. A disputa já aconteceu na Espanha, França, Inglaterra, China, Alemanha, Tailândia e em Barbados. No ano passado, teve lugar no Estádio Olímpico de Londres no fim de novembro, entre os GPs do Brasil e de Abu Dhabi da F1.

Em janeiro, a prova vai acontecer no estádio do Miami Marlins, time que faz parte da MLB, a liga norte-americana de beisebol. A organização da Corrida dos Campeões já anunciou a presença de Sebastian Vettel, o atual campeão, além dos norte-americanos Kurt Busch e Ryan Hunter-Reay, pilotos da Nascar e da Indy, respectivamente. A expectativa é que os outros pilotos sejam anunciados ao longo das próximas semanas.

Vettel já fala sobre a chance de defender seu título nos Estados Unidos dentro de cinco meses. “Estou muito feliz por finalmente ter vencido a corrida individual e o título conquistado no ano passado no Estádio Olímpico de Londres e estou ansioso para defender meu título em Miami”, declarou o tetracampeão mundial de F1.

“Todos os pilotos são fortes, e os melhores pilotos norte-americanos da Nascar e da Indy, sem dúvida, terão uma motivação extra para vencer diante dos seus fãs, já que o evento acontecerá no seu país pela primeira vez”, comentou o piloto da Ferrari.

“Esta também será a primeira vez que a Corrida dos Campeões acontece em um estádio de beisebol, de modo que existe uma curiosidade para descobrir como será o traçado da pista. Mas como sempre é a mesma pista e carros iguais para todos, só mesmo o talento do piloto faz a diferença”, afirmou.

Vettel também tem seis títulos da Copa das Nações, conquistados de forma consecutiva entre 2007 e 2012, sempre ao lado do lendário Michael Schumacher. O tetracampeão é, portanto, um nome histórico do evento.

“A Corrida dos Campeões nos faz lembrar muito de como todos nós começamos nas corridas. Trata-se de competição pura. A disputa é muito intensa na pista e todo mundo quer vencer, mas também se trata de proporcionar um grande espetáculo para os fãs. Acho que todos os pilotos que tiveram a honra de participar da Corrida dos Campeões caíram de amores pelo evento. É um privilégio ser convidado e conseguir voltar”, complementou o alemão.

Diferente do formato habitual, a disputa no sábado vai ser reservada à Corrida dos Campeões propriamente dita, na competição de piloto contra piloto. A Copa das Nações terá seu lugar no domingo, 22 de janeiro. 

Johnsson comemorou a chance de levar o evento pela primeira vez aos Estados Unidos. “O estádio dos Marlins é um lugar maravilhoso e será nossa primeira vez dentro de um estádio de beisebol. Tenho a certeza de que vamos realizar um evento verdadeiramente memorável para os amantes dos carros e os pilotos. Os fãs americanos de corridas são apaixonados pelo esporte e tenho certeza de que eles vão curtir uma grande disputa.” 

“Esperamos dar as boas-vindas a uma multidão reunida para aproveitar a visita de alguns dos melhores pilotos do mundo. Se você gosta de ação, do ronco dos motores e da emoção, a Corrida dos Campeões é o evento perfeito para você”, concluiu o empresário, fazendo as vezes de garoto-propaganda do evento e chamando os fãs para Miami em janeiro de 2017.

Fonte: Grande Prêmio

Legal que a próxima edição será nos EUA. Acho legal esta ideia de levar a ROC para diferentes lugares do mundo. Aproxima os torcedores dos pilotos.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: