22 de julho de 2016

Nico fecha o segundo treino na frente

Rosberg aproveita batida de Hamilton e fecha na frente sexta-feira de treinos livres na Hungria

O primeiro dia do fim de semana do GP da Hungria de F1 foi marcado pela supremacia da Mercedes. Nem mesmo a Red Bull, de quem se esperava ao menos engrossar a disputa, foi páreo para a equipe prateada, que dominou de forma incrível a primeira sessão. No fim das contas, não houve nem mesmo uma briga entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg pelo melhor tempo do segundo treino livre em Hungaroring. Na tarde desta sexta-feira (22), o alemão anotou o melhor tempo depois de ver o rival bater no primeiro terço da sessão. Aí Nico, de contrato renovado com a Mercedes por mais duas temporadas, não teve trabalho para se colocar na frente ao cravar 1min20s435, a melhor marca do dia no circuito de Budapeste.

A Mercedes entendeu que a melhor decisão foi retirar o carro de Hamilton no treino e avaliar os possíveis danos após a batida na curva 11. O britânico perdeu o controle do carro, rodou e bateu de lado. mesmo conseguindo voltar aos boxes, a escuderia bicampeã do mundo optou por encerrar naquele instante a participação de Lewis nesta tarde.

Sem um confronto direto, as atenções estavam voltadas para a disputa entre Ferrari e Red Bull pelo posto de segunda força do fim de semana. Pela manhã, nenhuma das equipes sequer se aproximou da Mercedes, que enfiou 1s6 de vantagem em Kimi Räikkönen. No período da tarde, os times que lutam pela vice-liderança do Mundial de Construtores estavam mais próximas. Mas, no fim das contas, os taurinos ficaram na frente, com Daniel Ricciardo em segundo, 0s595 atrás de Rosberg, enquanto Sebastian Vettel colocou a Ferrari em terceiro. Mas o alemão voltou a sofrer com problemas no câmbio da sua SF16-H.

Max Verstappen acabou terminando a sessão em quarto lugar, colocando assim a segunda Red Bull no top-5. O holandês conseguiu superar Lewis Hamilton, que fez sua melhor marca usando pneus macios, diferente dos quatro primeiros colocados da sessão. Kimi Räikkönen não obteve êxito e ficou apenas em sexto lugar. A McLaren foi novamente um bom destaque em Hungaroring e repetiu as posições da manhã, com Fernando Alonso em sétimo e Jenson Button em oitavo. Outra equipe que voltou a andar bem foi a Force India, que colocou Nico Hülkenberg em nono e Sergio Pérez fechando o top-10.

Felipe Massa novamente ficou de fora do top-10, assim como já havia acontecido pela manhã. O brasileiro anotou apenas o 12º melhor tempo da sessão, duas posições à frente do seu companheiro de Williams, Valtteri Bottas. Por sua vez, Felipe Nasr não passou de um 19º lugar com a Sauber depois de ter enfrentado problemas hidráulicos com seu carro no fim do treino livre.

Fonte: Grande Prêmio

Não vi mais que uns gifs do Lewis batendo. Fica o registro.

by lu

Nenhum comentário: