3 de julho de 2016

Hamilton vence no finalzinho em briga feia com Nico

Hamilton vence em final que faz valer a corrida chatíssima até as ultimas voltas. Pódio com Hamilton, Verstappen e Kimi Raikkonen.

Na largada, tudo em paz. Hamilton conseguiu manter a ponta, e Jenson - sim Jenson e de McLaren! - que largou da terceira posição graças a uma punição para Nico, pulou para a segunda posição fazendo a gente e um monte de japonesinho da Honda sorrir. Claro que não há milagre tão grande e ele não se manteve por todas as voltas assim. Antes da déciam volta ele já havia sido ultrapassado por Raikkonen e Rosberg.

Falando em Rosberg, o alemão não largou tão bem, mas fez um bom trabalho de recuperação. Parou cedo e manteve uma ritmo forte esperando pela parada de Hamilton. Deu certo. Quando o inglês parou depois de quase 20 voltas - esperou ao máximo uma chuva que teimou em não vir - e  ainda teve um pequeno problema em uma das rodas durante a parada. Perdeu um tiquinho de tempo, mas mesmo assim, Nico já tinha tempo o suficiente para conseguir passar o inglês na parada.

Mercedes trocadas, Vettel liderava a corrida ainda sem parar. A Ferrari se empolgou tanto com a posição que atrasou muito a parada do alemão. resultado: um pneu estourado e um SC na corrida. Vettel abandona no dia em que completa 30 anos.

Na relargada, Nico mantém a ponta e enfia volta mais rápida atrás de volta mais rápida para ganhar vantagem sobre Hamilton. A dúvida é se o alemão vai conseguir ou não terminar a prova sem nenhuma parada. 

Para o Hamilton não deu. Nas voltas 55 parou Hamilton e na 56, Nico.  Com um pit mais rápido, Nico saiu do pit na frente do inglês. Uma pequena rusga, uma vez que o alemão ganhou pneus super macios - mais rapidos - e Hamilton, macios.  O inglês argumentou, mas a equipe apenas disse "escolhemos assim".

20 voltas de tensão entre os dois pilotos. Nico fez o dever de casa e ultrapassou Verstappen que vinha em primeiro e colocou espaço entre ele e Hamilton. O inglês 

E Kimi? Kimi fez uma ótima corrida dentro do que a Ferrari oferece ao finlandês. O terceiro lugar (com o problema do Nico) do piloto o deixa mais próximo na pontuação para seu companheiro de equipe. Kimi, por conta das patadas da Ferrari parece que sofre no campeonato, mas não é bem assim quando compramos a tabela. Kimi é consistente e garante seus pontos mesmo sendo claramente preterido dentro da equipe.

Alonso, nadou, nadou e mesmo em posição sem pontos morreu na praia ao abandonar no final. Não foi um final de semana que merece ser lembrado para o espanhol. 

Voltando aos líderes.... Que final de corrida, amigos. Que final de corrida. Ultima volta - aquela que costuma durar uns 25 anos mais ou menos - e Hamilton livre para atacar Nico - no ano passado em situações opostas, a Mercedes não deixava Nico atacar diga-se - e o alemão se defenendo com a vida. Porrada. Nico Espanha, Hamilton sai da pista e parece que Nico ia levar a melhor. Nada feito, asa quebrada para Nico e se arrasta na quarta posição enquanto Hamilton vence. A diferença cai para 11 pontos entre eles. 

Campeonato - usando um baita clichê - pegando fogo, meu povo!

By Lu

Um comentário:

Carlos disse...

No final da corrida foi sacanagem de pilantra do Hamilton em cima no Nico Roserberg pois não merecia isto.