29 de junho de 2016

Que nojo! #2

Presidente da Ferrari diz que Räikkönen deve fazer por merecer renovação de contrato para 2017

Na visão de Sergio Marchionne, o futuro de Kimi Räikkönen está em suas próprias mãos. Para seguir defendendo o time de Maranello, o finlandês tem de buscar os melhores resultados possíveis, entende o presidente da equipe. O contrato do ‘Homem de Gelo’ vai até o fim desta temporada

Kimi Räikkönen, ao que parece, conta com o prestígio da cúpula da Ferrari e pode continuar por mais tempo defendendo as cores de Maranello. O piloto mais velho em atividade no grid da F1, com 36 anos, tem contrato com a equipe italiana até o fim do ano. Mas o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, diz que o futuro está nas mãos do próprio Kimi, que terá de “fazer por merecer” a renovação.

“Depende dele, a continuação de Kimi na Ferrari vai depender das suas atuações. Ele deve demonstrar que merece estar aqui, de modo que se ele não tiver bons resultados, nem ele mesmo vai querer ficar por aqui”, declarou Marchionne em entrevista ao diário italiano ‘La Gazzetta dello Sport’.

Em termos de resultados, o ‘Homem de Gelo’ não brilhou, mas vem pontuando com frequência. Fora do top-10 só na Austrália e em Mônaco, Kimi soma 81 pontos e está em quarto lugar no Mundial. Mas não vai ao pódio desde o GP da Espanha, em Mônaco. Seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, soma 96.

Marchionne também falou a respeito do momento da Ferrari. O presidente foi um dos que mais criou expectativa sobre um 2016 vencedor, mas o fato é que a escuderia italiana, em oito provas, ainda não venceu, ao passo que a Mercedes já subiu no topo do pódio em sete oportunidades.

“O segredo [da Mercedes] é a estabilidade do carro. A Ferrari SF16-H é nova em comparação com 2015. Apesar de o desenho ser bom, uma vez que foi à pista, alguns resultados não estiveram à altura das nossas expectativas. Estamos trabalhando para tentar entender o que o carro precisa para melhorar o rendimento. É um carro difícil”, avaliou o dirigente.

De acordo com o presidente, a ideia é reformular a estrutura da Ferrari. “Não sei se estamos trabalhando com métodos antigos, mas a estrutura atual está antiquada e não reflete o nível do pessoal que temos atualmente. Temos uma grande empresa que produz resultados que podemos e devemos melhorar”, comentou.

“Acabamos de fechar com Jock Clear. Há pessoas que estão ajudando nas áreas onde precisamos lutar mais. Queremos completar a equipe, os resultados não chegam da noite para o dia, precisamos de um pouco mais de tempo para buscar os resultados, e gostaria que eles chegassem em 2017”, finalizou Marchionne, indicando que não tem mais grandes expectativas sobre 2016.

Fonte: Grande Prêmio


Não sei como alguém em sã consciência pode aceitar seu piloto favorito nesta equipe!!! EU ODEIO A FERRARI com todas as forças que existem dentro de mim e não vejo a hora de Kimi sair de lá.

Se isto for custar nunca mais vê-lo correr, não tem problema. Eu aceito o preço a ser pago, contato que esta humilhação pública chegue ao fim. 

Merecer?! Merecer o quê? Esta equipe que humilha quem não serve para ela?! Merecer o quê? Um time que não respeita o seu último campeão mundial? Merecer o quê?


Muito triste perceber que eu estava certa, quando ele anunciou lá em 2013 que estava voltando para este time asqueroso.

Kimi é campeão, conquistou aquilo que sonhava. Parte profissional realizada, agora é hora de cuidar de Robin, do casamento que está chegando, de VIVER.

Kimi TEM e PRECISA sair desta equipe maldita. 


Beijinhos, Ludy

Um comentário:

Manu disse...

Tá na hora de aposentar