23 de junho de 2016

Para Prost, Kimi é segundo piloto na Ferrari

Prost vê lado “positivo e negativo” em renovação da Ferrari com Räikkönen como piloto ‘número dois’

Velho conhecido da Ferrari, Alain Prost avalia que a possível renovação de contrato com Kimi Räikkönen tem prós e contras. Apesar da perda de ritmo do finlandês, sua permanência serviria para cumprir o papel de segundo piloto

Alain Prost sabe bem o que é ficar em uma posição ruim dentro da Ferrari. O francês, que saiu de Maranello pela porta dos fundos depois de reclamar do bólido italiano, vê processo semelhante acontecendo com Kimi Räikkönen. O finlandês já não apresenta o ritmo de antes e corre o risco de perder a vaga.

Para Prost, renovar com Räikkönen tem efeitos distintos. Mesmo que a velocidade de Kimi já não seja a mesma de antes, ter um segundo piloto consolidado pode ser uma boa.

“Todos conseguem ver o lado positivo e o negativo. O lado positivo é manter a relação muito boa com Vettel. E você mantém o piloto número um e o número dois. Não por escrito, mas como um fato. Para o ambiente não seria ruim, não criticaria. Tenho certeza de que vão tomar a decisão correta”, avaliou Prost.

Além disso, o tetracampeão ponderou que os outros candidatos às vagas são uma incógnita.

“Tem um ou dois pilotos no mercado que poderiam ser bons para a Ferrari, talvez mais rápidos, mas não se sabe. É preciso levar em consideração a pressão que existe na Ferrari. Nós vemos alguns bons pilotos em equipes médias, mas eles vão para equipes de ponta e não são os mesmos”, seguiu.

Fonte: Grande Prêmio

Triste demais a gente ler algo assim e nem poder gritar e dizer que Prost está totalmente errado.

Como torcedora de Räikkönen há 11 anos, estou arrasada. Sempre soube que o retorno dele para a equipe de Maranello seria o fim da carreira dele. Em todos os sentidos. A Ferrari foi a pior coisa que aconteceu na vida do Iceman. Como eu odeio esta equipe!!!


Sei que no final de 2013 esta era a única opção para ele, já que a situação na Lotus estava insustentável, mas é triste demais ver o piloto que você torce e que você sabe, é capaz de ser excelente, ser tratado desta forma. E o pior, que ele poderia ter lutado contra tudo isto, mas preferiu não brigar.


Infelizmente, se desde seu retorno Kimi tivesse se posicionado contra tudo isto como o campeão que é (inclusive por este time sujo), talvez não estivesse sendo humilhado como está agora. Talvez... porque humilhar Kimi é um dos talentos deste time asqueroso pelo qual ele compete.

Estou muito triste, muito. Não tenho nem o que comentar mais.


P.S. Sei que estou do lado contrário da maioria dos fãs de Kimi, mas tudo bem, esta não será a primeira nem a última vez que isto acontece. Estou sendo apenas verdadeira com o que sinto, e no momento, sinto uma tristeza sem fim.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: