15 de maio de 2016

Estratégia não funcionou

Vettel lamenta “estratégia que não funcionou bem” na Espanha, mas diz que dia é de Verstappen: “Grande conquista”

Sebastian Vettel completou o pódio neste domingo (15) no GP da Espanha, em Barcelona, em um dia de vitória do jovem Max Verstappen e da Red Bull. Embora feliz pelo colega, o alemão disse que a Ferrari tentou de tudo, mas que a estratégia não funcionou como gostaria

Sebastian Vettel perdeu um de seus mais importantes recordes na F1: o de piloto mais jovem a vencer no Mundial. Mas o alemão não se importou e tratou mesmo de elogiar e parabenizar o holandês Max Verstappen, que cruzou a linha de chegada na primeira posição neste domingo (15), na Espanha. O tetracampeão foi o terceiro colocado com a Ferrari em um dia que a equipe italiana lutou para tentar o primeiro triunfo do ano, aproveitando a trabalhada da Mercedes ainda na largada.

"Antes de tudo, quero dar os parabéns a Max", disse o ferrarista ainda no pódio em Barcelona, que foi tomado por uma multidão na quinta prova da temporada 2016. "É uma grande conquista e hoje é o dia dele", completou Sebastian, que tinha 21 anos quando ganhou pela primeira vez, ainda com a Toro Rosso, no GP da Itália em 2008. Hoje, Max triunfou aos 18 anos.

Sobre a corrida em si, Vettel destacou que a esquadra vermelha conseguiu se recuperar depois de uma classificação abaixo do esperado no sábado, quando foi capaz apenas de cravar a terceira fila do grid. Ainda assim, o alemão disse que, apesar do bom rendimento ao longo das 66 voltas em Montmeló com a Ferrari, não foi possível tentar a vitória.

"Tentamos de tudo hoje com a estratégia, mas não funcionou muito bem hoje, apesar que conseguimos nos recuperar depois do houve ontem na classificação", afirmou o piloto, que admitiu também surpresa em ver que a tática de dois pit-stops foi acertada, no caso de Kimi Räikkönen.

O tetracampeão, que parou três vezes, se queixou da falta de desempenho dos pneus médios. "A gente brigou muito com os compostos médios. Durante toda a corrida, foram os pneus mais lentos para nós. Com toda a justiça, acho que fomos mais rápidos que a Red Bull com os macios, mas tivemos o mesmo ritmo com os médios", explicou Seb. 

"Tentamos, na verdade, um caminho diferente com os três pit-stops, mas a diferença foi o pneu médio mesmo, que hoje não funcionou. E é algo que teremos de entender no futuro e aprender com isso", acrescentou Vettel.

Fonte: Grande Prêmio 

Em determinado momento da prova até pareceu que ele poderia brigar pela vitória, mas no final não rolou.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: