30 de abril de 2016

Roland & Ayrton: 22 anos depois

O fim de semana mais triste que a F1 já passou, aquele de maio de 1994. E pela primeira vez desde aqueles trágicos dias, temos uma corrida nas mesmas datas.

Perdemos dois pilotos, duas vidas, duas histórias e aperta o coração lembrar disto, mesmo 22 anos depois.

No sábado perdemos Roland e no domingo Ayrton. O mundo da F1 nunca mais foi o mesmo depois disto.


O piloto brasileiro Felipe Nasr vai correr com homenagem no capacete para o piloto brasileiro. Ficou lindo.



Beijinhos, Ludy

Um comentário:

Anônimo disse...

Roland e Senna se foram mas serão inesquecíveis para sempre. Q as lembranças das vitórias fantásticas de Ayrton permaneçam para sempre nos corações de todos os fãs q amam esse esporte.E q na corrida de amanhã tbm seja inesquecível desta vez de forma positiva com mtas ultrapassagens e disputas. Independente de quem vencer amanha que tudo ocorra bem e q ninguém sofra nenhum acidente.

Andrey