14 de abril de 2016

Pode melhorar

Räikkönen admite preocupação com confiabilidade da Ferrari e diz que “ainda há o que melhorar” no carro em 2016

Kimi Räikkönen está feliz com o desempenho apresentado pela Ferrari em 2016. Mas o finlandês ainda mostrou preocupação com a confiabilidade do pacote italiano, especialmente depois dos problemas vistos na Austrália e no Bahrein

Kimi Räikkönen fez uma avaliação das duas primeiras corridas da temporada da Ferrari e admitiu preocupação com a confiabilidade, especialmente depois das duas falhas de motor, na Austrália e no Bahrein, embora tenha ficado contente com o desempenho geral da equipe italiana nas duas provas.

O finlandês ficou fora da corrida em Melbourne por um dano na unidade de potência, enquanto Sebastian Vettel viu o motor explodir ainda na volta de apresentação em Sakhir. Ainda assim, a equipe italiana é a segunda colocada no Mundial de Construtores, com 33 pontos, 50 a menos que a líder Mercedes.

O nórdico celebrou os dois pódios conquistados, mesmo em situações complicadas, e disse que o carro ferrarista tem velocidade, mas que ainda precisa de desenvolvimento. "Não foi o resultado ideal para as duas primeiras corridas. Obviamente, ainda há muito trabalho pela frente. Mas a equipe está unida nisso. O desempenho ainda é positivo dentro de tudo que foi feito durante o inverno", afirmou o campeão de 2007 durante a entrevista coletiva da FIA, em Xangai, palco neste fim de semana da terceira etapa do Mundial em 2016.

"O carro melhorou muito em comparação ao ano passado, a velocidade está lá, mas não conseguimos terminar as duas corridas com ambos os carros", acrescentou Räikkönen. "Temos um bom pacote, também em termos de classificação, mas ainda há espaço para melhorar." 

O ferrarista de 36 anos também acrescentou que, apesar de a esquadra ainda não estar onde deseja, há aspectos positivos. "Ainda não estamos onde queremos, mas o carro é bom. Há o que melhorar, mas temos um carro melhor e mais rápido neste momento", encerrou.

Fonte: Grande Prêmio 

Ele e Vettel com discurso parecidos. Ok. Mas eu ainda estou preocupada com esta confiabilidade. #justsaying

'Bora' ver o que vai rolar na China. Tenho excelentes lembranças de GP em 2007. #Ludysaudosa

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: