1 de fevereiro de 2016

Rumo certo

Vettel revela grande participação no desenvolvimento do carro de 2016 e avisa: “Acho que estamos no rumo certo”

Sebastian Vettel entende que o novo carro construído em Maranello vai contar com algumas diferenças pontuais em relação à SF15-T, desenvolvida para o Mundial do ano passado. No entanto, o tetracampeão continua a preferir um discurso mais cauteloso antes de saber o real potencial do modelo

Assim como acontecia nos tempos de Michael Schumacher em Maranello, Sebastian Vettel se mostra cada vez mais envolvido no trabalho com a Ferrari. Prova disso é que o tetracampeão mundial mergulhou de cabeça, ainda em 2015, no desenvolvimento do novo carro da equipe italiana para a temporada 2016. Ainda sem nome definido, a sucessora da SF15-T terá como dura missão bater a Mercedes, suprema na F1 nas duas últimas temporadas da categoria.

Vettel procurou adotar um tom ainda de muita cautela sobre o potencial do novo carro, algo que só vai ser conhecido depois dos primeiros testes da pré-temporada, com início previsto para 22 de fevereiro em Barcelona. No entanto, o alemão acredita que os trabalhos estão caminhando bem.

“Quase todo o tempo no ano passado estive envolvido no desenvolvimento do carro de 2016. Acho que estamos no rumo certo”, disse o dono do carro #5 em entrevista à revista alemã ‘Auto Bild’. 

“O título tem de ser nosso objetivo. No entanto, não devemos nos esquecer que havia uma equipe à nossa frente no ano passado”, alertou o piloto, que colocou definitivamente a taça como principal meta, independente do que aconteça na primeira corrida do campeonato, o GP da Austrália, marcado para 20 de março no circuito de Albert Park, em Melbourne. 

Ao falar sobre o novo modelo da Ferrari, Vettel não deu muitos detalhes, mas explicou que o carro será um tanto diferente em relação ao bólido de 2015. “Basicamente, algumas coisas vão mudar e serão facilmente identificadas”, comentou Seb, terceiro colocado na temporada passada da F1. 

Fonte: Grande Prêmio

Bom para eles que estão no rumo certo né? Problema seria se as coisas estivessem dando errado.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: