11 de janeiro de 2016

Diretor elogia pilotos, mas ...

Diretor elogia comprometimento dos pilotos, mas reconhece que McLaren “não pode ter mais um ano como 2015”

A McLaren não pode repetir em 2016 a fraca campanha que apresentou na temporada passada, especialmente se quiser manter seus dois campeões mundiais em seus cockpits. A frase é de Éric Boullier, o diretor de corridas da equipe inglesa.

Mesmo vivendo um campeonato sofrível, Fernando Alonso e Jenson Button nunca manifestaram o desejo de deixar a esquadra e sempre se mostraram otimistas por uma melhora de desempenho. A performance errática do motor Honda foi o principal problema do time de Woking em 2015, que encarou um de seus piores anos na F1.

Entretanto, a McLaren se revela agora esperançosa por um passo à frente da montadora japonesa, e Boullier se disse ciente de que a pressão é grande para garantir um progresso real do conjunto carro-motor na temporada que começa em março, no Albert Park, em Melbourne.

"Não podemos ter mais um ano como esse", afirmou o francês ao ser questionado como os pilotos vão reagir se o novo carro não for minimamente competitivo. "Os pilotos se comprometeram com esse projeto porque sempre fomos muitos transparentes com eles", completou.

"Eles estão na F1 para vencer ou para ter um mínimo de competitividade", emendou.

O dirigente ainda afirmou que confia no comprometimento de seus dois pilotos, especialmente porque, mesmo após a última corrida e diante do frustrante ano, ambos ainda se mostraram fiéis ao projeto. "O que é muito importante para mim é que, mesmo na última prova do ano, eles ainda conseguiam nos ajudar a ver aspectos positivos."

"Eles estavam frustrados com a falta de desempenho, mas o clima dentro dos boxes era muito bom, apesar de tudo. Eu li alguns comentários de Fernando novamente dizendo que não havia se arrependido de ter optado pela McLaren e que acreditava na equipe, e isso ele repetiu para todos na fábrica também", contou.


"Portanto, sabemos que a confiança deles segue intacta, mesmo após a temporada que tivemos, e isso é bastante reconfortante", concluiu.
(fonte: Grande Prêmio)

***

E aíiii dele se abrir esta boca cheia de dentes para criticar os pilotos!!!!

Bjuss, Tati

Nenhum comentário: