19 de janeiro de 2016

De volta ao trabalho

No cockpit do carro de 2014, Vettel vai à pista em Fiorano por teste dos simuladores da Ferrari

Sebastian Vettel vai participar do teste da Pirelli na semana que vem, mas antes usou uma atividade na pista de Fiorano para tirar a poeira e se preparar para o que será um 2016 corrido. Era apenas um teste para o simulador de Maranello na F14T de 2014, mas ainda assim o tetracampeão fez o que não acontecia desde novembro

2016 começou para Sebastian Vettel, embora num cockpit 2014. O tetracampeão mundial de F1 foi à pista particular da Ferrari, em Fiorano, para dar as primeiras voltas no ano que chega. De acordo com o regulamento esportivo da F1 é proibido testes com carro atual ou mesmo o do ano que acabou de se encerrar, mas não foi o que aconteceu. Vettel usou a F14T.

Em resposta à revista inglesa 'Autosport', um porta-voz da Ferrari divulgou que o teste de Vettel era para alguns acertos no simulador. De qualquer forma, é uma primeira atividade de um ano com 21 corridas no calendário - a mais longa temporada da história da F1.

O regulamento do Mundial permite que as equipes levem seus carros de 2012, 2013 ou 2014 à pista para teste contanto que não tenham qualquer novo componente. Precisam, de fato, ser os carros destes anos sem modificações. É também uma pausa das muitas reuniões que os pilotos estão tendo neste início de ano na fábrica em Maranello. 

Na próxima semana, Vettel já volta à pista - agora oficialmente. Se trata do teste da Pirelli no autódromo francês de Paul Ricard. Além de Sebastian, o companheiro de Ferrari, Kimi Räikkönen, também estará nessa, bem como a dupla da Red Bull, Daniel Ricciardo e Daniil Kvyat, e o reserva da McLaren, Stoffel Vandoorne. 

Os testes coletivos de pré-temporada da F1, todos em Barcelona, começam em 22 de fevereiro. A temporada inicia em 20 de março com o GP da Austrália. 

Fonte: Grande Prêmio

Aos poucos as atividades das equipes e pilotos vão sendo retomadas.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: