26 de dezembro de 2015

Muito cedo

Räikkönen acredita em melhora da Ferrari, mas questiona briga por título em 2016: “Muito cedo para dizer”

Kimi Räikkönen sabe que a Ferrari precisa voltar a vencer campeonatos, e que os resultados de 2015 podem deixar a equipe otimista. Mas o finlandês optou por ser mais cauteloso e evitar prognósticos muito ousados para 2016: “Não faz sentido começar a adivinhar”

A promissora temporada 2015 da Ferrari – com vitórias e a condição de segunda melhor equipe do grid – foi suficiente para que a equipe italiana começasse a sonhar com ainda mais triunfos e até uma briga pelo título. Mas Kimi Räikkönen mantém os pés no chão: ainda não dá para saber se o avanço será possível.

“É muito cedo para dizer. Podemos dar nosso melhor, mas não podemos controlar o que os outros fazem. Então precisamos seguir trabalhando do mesmo jeito, sempre melhorando. Aí veremos onde vamos estar no próximo ano. Não faz sentido começar a adivinhar. Precisamos esperar até os testes de inverno e a primeira corrida”, apontou Räikkönen.

Kimi salientou que o objetivo da Ferrari é voltar a vencer campeonatos, coisa que não acontece desde 2008. Mas a previsão de uma data para alcançar a meta ainda é incerta. 

“Óbvio que todos sabemos onde queremos que a Ferrari esteja. A Ferrari quer vencer e isso não vai ser fácil, digo, são muitas equipes fortes e todas tem a mesma ideia de vencer corridas e campeonatos”, analisou.

“Claro, por conseguir melhorar nesse ano, temos maiores expectativas para o próximo. Estamos aqui para vencer corridas, campeonatos, então vamos dar 100% para devolver o campeonato à Ferrari”, finalizou. 

Se quiser ver a Ferrari voltar a ser campeã, Kimi certamente vai precisar ajudar mais. O finlandês, apesar de terminar a temporada 2015 em quarto, não esteve nem perto de conseguir os resultados de Sebastian Vettel, seu companheiro de equipe. O ponto em comum entre os dois foi a distância para as Mercedes, que travaram outra disputa particular pelas primeiras posições.

Fonte: Grande Prêmio 

Não sei o motivo que leva as pessoas a quererem ficar adivinhando algo que não dá para adivinhar. #hajapaciência

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: