1 de novembro de 2015

Para esquecer

Vettel se envolve em incidente, erra, sofre acidente e reconhece: “Eu fiz um trabalho de merda hoje”

Sebastian Vettel teve um dia estranhíssimo no México: teve o pneu furado na largada, rodou sozinho, escapou da pista. O golpe de misericórdia na corrida do tetracampeão foi um acidente relativamente forte, em que o #5 foi reto para o muro. A prova acabou com uma sequência de 20 provas da Ferrari nos pontos

O GP do México de Sebastian Vettel estava longe do nível esperado de um tetracampeão do mundo. Bem longe. Neste domingo (1), o piloto da Ferrari se envolveu em tudo que é tipo de incidente, até terminar de vez sua corrida com um estranho acidente na parte mista do Autódromo Hermanos Rodríguez. A prova foi vencida por Nico Rosberg, com Lewis Hamilton em segundo.

Primeiro, Vettel furou o pneu após tocar a asa dianteira de Daniel Ricciardo, ainda na largada. Relegado ao último posto, o alemão se beneficiou dos pits alheios e voltou a sonhar com pontos. Todavia, a performance de Sebastian era estranha: o #5 cometia erros curiosos e singulares, chegando ao ponto de rodar sozinho na entrada dos Esses. Era mesmo uma corrida bem fora da curva para Seb.

O golpe de misericórdia na corrida de Vettel veio na volta 53: o alemão passou reto em uma curva – a mesma em que já havia rodado –, enchendo a barreira de pneus com certa força. O acidente pode ter sido causado pela pouca aderência do asfalto, tópico muito debatido entre os pilotos no fim de semana. 

O safety-car foi necessário. Enquanto isso, Vettel reclamava de si mesmo via rádio para a Ferrari: “Eu fiz um trabalho de merda hoje". 

O abandono de Vettel, aliado ao de Kimi Räikkönen – envolvido em um toque com Valtteri Bottas – encerrou prematuramente o dia da Ferrari. O GP do México acabou quebrando uma sequência de 20 provas seguidas nos pontos. 

Fonte: Grande Prêmio

Digamos que hoje foi aquele dia em que Vettel levantou com o pé esquerdo.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: