14 de novembro de 2015

Outra história

Räikkönen admite “pequenos erros” durante classificação e evita falar em pódio: “Na corrida, a história é outra”

Kimi Räikkönen admitiu que cometeu alguns erros que lhe custaram décimos na briga pelas primeiras colocações no grid de largada do GP do Brasil. Saindo em quarto, o finlandês não quis projetar uma briga por pódio

Kimi Räikkönen vai largar na quarta colocação no GP do Brasil. Neste sábado (14), o finlandês contou com uma punição de Valtteri Bottas para fechar a segunda fila ao lado de Sebastian Vettel. Entretanto, Räikkönen garante que poderia ter tido desempenho melhor.

O campeão mundial de 2007 contou que não fez um grande tempo por um erro que cometeu, mas elogiou o rendimento do carro da Ferrari.

"Não acho que amanhã será uma corrida das mais fáceis, mas hoje não foi um dia ruim. O carro esteve bem, eu que cometi alguns erros, como uma escapadinha na curva 11 que acabou prejudicando minha volta", explicou.

Apesar de sair em quarto, Räikkönen não conseguiu cravar que tem chance real de ir ao pódio. Para o finlandês, a corrida é totalmente diferente da classificação. 

"Nós só vamos saber se é uma boa chance de pódio amanhã, mesmo. Hoje o carro se comportou bem, tivemos um ritmo bom, mas a corrida é diferente, de novo, só amanhã para sabermos ao certo das nossas condições, mesmo", falou. Räikkönen é quinto colocado na temporada 2015. 

O finlandês não consegue repetir o bom desempenho de Vettel e tem menos da metade da pontuação do companheiro. 

Fonte: Grande Prêmio

Pois eu também achei que a classificação foi até boa. Estar à frente de Bottas no grid, que é com quem ele briga diretamente pela quarta posição do campeonato, ajuda.

Além disto preciso dizer, é lindo demais ver Kimi pilotando um carro de F1. Fico sempre extasiada porque é simplesmente mágico poder estar ali, vendo ao vivo o que acompanho o ano todo pela TV.

E por mais que eu odeie a Ferrari, nenhum, mas nenhum dos outros carros do grid é tão lindo.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: