17 de novembro de 2015

Inspiração em Räikkönen x Schumacher

Verstappen conta que se inspirou em manobra de Räikkönen em Schumacher em 2012 para passar Pérez no S do Senna

Max Verstappen protagonizou o grande momento do GP do Brasil de 2015 quando passou Segio Pérez por fora no S do Senna. Recriando a passada para contar o que fez, disse que se inspirou no que Kimi Räikkönen fez para cima de Michael Schumacher no mesmo ponto em 2012

Numa das corridas mais modorrentas de que se tem notícia, o GP do Brasil do último domingo, Max Verstappen deu os poucos brilhos de diversão vistos. O principal deles, uma ultrapassagem por fora no S do Senna para cima de Sergio Pérez. Depois da corrida, Verstappen contou que foi inspirado em outra manobra famosa para passar o mexicano.

Em 2012, Kimi Räikkönen, então de Lotus, fez algo bem parecido para ultrapassar Michael Schumacher, então de Mercedes. Max assistiu, então aos 15 anos de idade, e teve a chance de fazer quase igual.

"Eu vi alguns anos atrás entre Räikkönen e Schumacher. Pensei na hora que aquilo era bonito - e agora eu tive a oportunidade de fazer. Você pode fazer seu melhor, mas se o outro envolvido não se importa e te atropela para fora da pista, então acabou. Por sorte, Checo é justo, então tivemos uma grande briga", disse.

Após o elogio a Pérez, o filho de Jos contou o que aconteceu na disputa. 

"Teve um pouco de espaço, e eu freei por fora, tentando não ficar fechado. Ele estava me empurrando para fora, e nos tocamos um pouco na curva dois. Mas isso acabou sendo bom para mim, porque significou que eu poderia fazer o trabalho", contou. 

Mais tarde na prova, Verstappen fez algo bem similar para passar por Felipe Nasr numa lenta Sauber. E explicou que, por faltar potência no motor Renault, precisou caprichar sempre na tomada da última curva de Interlagos. 

"Na outra parte da pista, simplesmente não tinha velocidade de reta, então era tudo na última curva, o quão boa a saída foi. Todo o tempo que eu passei, eu tive uma boa saída comparado ao cara que vinha na frente", completou. 

Mais cedo, questionado pelo GRANDE PRÊMIO, Max havia dito que, apesar das ultrapassagens que tem feito durante todo o ano, não se sente um 'showman'.

Fonte: Grande Prêmio

Foi bonita mesmo a ultrapassagem. Meu setor no autódromo era de frente para o S do Senna e vi a ultrapassagem tanto de domingo, de Max em Perez, quanto a de Kimi em Schumi.

Beijinhos, Ludy
 

Nenhum comentário: