23 de outubro de 2015

F-E 2015/2016: Prost lidera teste coletivo em Pequim

14 pilotos baixam tempo da pole de 2014, e e.dams sobra com Prost em 1º em teste coletivo da F-E em Pequim. Senna é 4º

Nicolas Prost depois da bandeira quadriculada. A F-E voltou a acelerar nas ruas no teste coletivo desta sexta-feira (23) em Pequim, e a e.dams sobrou. Nicolas Prost tomou a frente de Sébastien Buemi de assalto. Outra equipe que teve bons minutos foi a Mahindra, com 25 voltas e posições quatro e cinco.

Liderança com bandeira quadriculada balançada e festeje como se fosse ano passado. Ainda não foi exatamente um dos treinos para o eP de Pequim. Em termos oficiais, foi apenas um teste coletivo, mas os carros deram as primeiras voltas ao redor do Parque Olímpico de Pequim na manhã desta sexta-feira (23). Nicolas Prost tomou a ponta do companheiro no fim e com estilo.

E se contar pelos resultados finais das voltas dos que deram, de fato, giros rápidos na pista, a e.dams chega ao sábado numa vantagem considerável. Prost colocou 2s114 para o terceiro colocado, Jean-Éric Vergne. Sébastien Buemi, 1s5.

A Mahindra também teve um teste positivo. Juntos, Bruno Senna e Nick Heidfeld deram 25 voltas e ficaram com as posições quatro e cinco gerais. Oliver Turvey deu uma sensação mais segura à China do que Donington deixou. O sexto lugar com 11 voltas dadas mostra que a equipe pode estar no pelotão.

Jérôme D'Ambrosio pôs a Dragon em sétimo, seguido pelas Audi ABT de Lucas Di Grassi e Daniel Abt. Sam Bird colocou a outra Virgin em décimo. Sem as Trulli na sessão, o 18º e último lugar ficou exatamente com o estreante Jacques Villeneuve, enquanto o companheiro de Venturi, Stéphane Sarrazin, foi 11º. 

Os problemas de confiabilidade estiveram presentes também. Nelsinho Piquet chegou a liderar, mas rodou apenas nove voltas e foi 13º. Em dado momento, seu carro parou na pista e exigiu bandeira vermelha. Depois foi Loïc Duval quem também ficou parado na pista com a Dragon. 

António Félix da Costa foi o 12º de Aguri, com Piquet e Duval entre ele e as duas Andretti, a outra Aguri e Villeneuve. Robin Frijns, Simona de Silvestro, Nathanaël Berthon e Jacques encerraram. 

Como exemplificação da evolução dos carros desde setembro de 2014, quando a F-E estreou, os 14 primeiros colocados no teste coletivo inicial andaram abaixo do 1min42s200 que garantiu a pole do ano passado a Prost. 

É uma ligada nas turbinas dos carros elétricos para a temporada, que começa amanhã. Pequim espera.

Fonte: Grande Prêmio


Imaginei que seria um teste complicado para Villeneuve. Vamos ver como ele vai se sair neste primeiro fim de semana. Ainda está se adaptando enquanto todo mundo já sabe o que tem que fazer.

Sobre o que aconteceu com o Team Trulli e os problemas na alfândega que os deixaram de fora da etapa inaugural, vocês podem ler mais aqui.

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: