11 de outubro de 2015

Entrevista pós-corrida

Repito: corridas devem ter suas posições disputadas, ainda mais quando as mesmas valem pódio.

Se o erro de Kimi e o que o fez ser punido foi isto, que ele seja punido sempre então. Prefiro mil vezes vê-lo lutando por um lugar no pódio do que ser um piloto passivo e guiado por engenheiros via rádio.



2015 Russia - Post-Race: Kimi Raikkonen
Posted by Kimi Räikkönen Scuderia Ferrari on Domingo, 11 de outubro de 2015


E concordo com Kimi, acho que foi algo de corrida. Assunto encerrado da minha parte.

Para complementar...

Kimi Räikkönen, oitavo: “O carro se comportou bem durante toda a corrida, especialmente depois do pit-stop, mas então, fiquei preso atrás dos outros carros e não tinha velocidade em linha reta, então foi difícil ultrapassar. Nos últimos instantes, tentei ultrapassar Valtteri no mesmo lugar em que tinha sido ultrapassado por ele no começo da corrida, entrei na curva 3 e, em seguida, vi que tinha espaço suficiente, então decidi passar. Não sei se ele não estava esperando que eu estivesse ali ou se ele não me viu, mas uma vez que eu decidi ir para cima, não tive mais como recuar. Tentei jogar para dentro o máximo que pude, mas não havia nenhuma maneira de seguir e então acabamos nos colidindo. Isso é uma infelicidade para nós e para eles, ninguém quer ter um acidente nesta parte da corrida. Realmente foi uma pena, mas minha manobra foi baseada em uma boa chance e não foi nada completamente maluco.”  

Fonte: Grande Prêmio

Beijinhos, Ludy

Um comentário:

Juliana Amaral disse...

Sinceramente,

Eu não vi nada de errado na manobra do Raikkonen. O Bottas abriu e quando Raikkonen vinha já tomando a cuva por dentro já ultrapassando ele resolveu fechar a porta acertando o Raikkonen.

Até a minha irmã que acha F1 um tédio, concordou comigo sobre o incidente.

Sem mais,