O primeiro

Na primeira vez na Itália pela Ferrari, Vettel sobe ao pódio e agradece torcida falando em italiano: “Grazie”

Sebastian Vettel correu uma prova paralela em Monza neste domingo (6). Uma bem entre a de Lewis Hamilton e a dos outros 18 carros do grid. O segundo lugar em frente aos tifosi é mais uma parte de um campeonato quase que de sonhos para o tetracampeão em seu ano inicial em Maranello

Se Lewis Hamilton sumiu disputando uma outra corrida, as coisas não foram tão diferentes assim para Sebastian Vettel, neste domingo (6), no GP da Itália. Segundo desde o começo, o tetracampeão só viu uma aproximação já no fim, de Nico Rosberg, mas o compatriota acabou abandonando a prova com o carro em chamas.

O problema de Kimi Räikkönen na largada acabou ajudando Vettel. Com todo mundo da parte de dentro tendo que driblar a outra Ferrari, o tetracampeão se estabeleceu facilmente atrás de Lewis Hamilton, embora não tivesse a chance de atacar.

Não que em qualquer momento da corrida Vettel tenha dado pinta de que ia dar problemas para Hamilton - que disputava uma corrida paralela -, mas enquanto Nico Rosberg não conseguia passar um único carro em pista, o alemão ia se arrumando em mais um segundo lugar. 

"Eu olho para isso [o público], e diz tudo. Grazie, tifosi. Esse ano é incrível! Toda a esquadra é incrível! Obrigado", disse Vettel no pódio, ainda com o sangue fervendo, depois se ajoelhando para agradecer a torcida, que gritava por ele em polvorosa. 

A F1 volta em duas semanas, em 20 de setembro, no GP de Cingapura, onde Hamilton também venceu em 2014.

Fonte: Grande Prêmio

E quem um dia vaiou, hoje aplaude. As voltas que o mundo dá não é mesmo?

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!