Emoção

Emocionado, Vettel sonha com vitória e brinca com Hamilton: “Não vou me importar se você não estiver no pódio”

Sebastian Vettel se mostrou emocionado depois de ter assegurado o terceiro posto no grid para o GP da Itália. O alemão acha que a Ferrari pode sonhar e até brincou dizendo que nãos e importaria de não ver Lewis Hamilton no pódio neste domingo

Sebastian Vettel estava de ótimo humor na entrevista coletiva da FIA logo depois da classificação deste sábado (5) em Monza. Diante de uma grande torcida da Ferrari, que agitava freneticamente as bandeiras e gritava a todo o momento em que os carros vermelhos surgiam na pista, o tetracampeão se mostrou emocionado e disse que o resultado no grid de largada para o GP da Itália foi fantástico e que agora os ferraristas têm o direito de sonhar. E de fato é mesmo.

Kimi Räikkönen vai dividir a primeira fila com Lewis Hamilton, da Mercedes, que conquistou a 11ª pole da temporada 2015 e da 49ª da carreira na pista italiana. Vettel, por sua vez, também se mostrou competitivo e superou Nico Rosberg, assegurando uma importante terceira colocação.

"Antes de tudo, foi um resultado fantástico. Segundo e terceiro no grid é incrível. E ainda ficamos muito perto de Lewis, que era o nosso principal objetivo hoje e que nos deixa muito confiantes para amanhã", afirmou Seb. 

Ainda sorrindo e quase lembrando o ex-colega Daniel Ricciardo, o alemão brincou com Hamilton e disse que não se importaria de não vê-lo no pódio neste domingo. "Esperamos estar no pódio amanhã, Kimi e eu. De preferência à frente dele. Lewis me desculpa, mas não me importaria de não vê-lo no pódio desta vez. E isso seria um sonho para nós", falou Vettel, voltando à realidade em seguida. 

“E acho que podemos sonhar com isso, mas também temos de ser realistas. Esses caras têm um ritmo sério aqui. Mas vamos lutar muito", acrescentou. 

Sebastian ainda falou da experiência de ter a torcida a seu favor. "Foi sensacional ver as bandeiras tremulando e o povo pulando na arquibancada no final. Isso não é comparável a nada que tenha vivido antes", encerrou o piloto de 28 anos. 

Fonte: Grande Prêmio

Houve uma época na minha vida que esta paixão toda em Monza também me emocionava. Foi um período bem curto. Hoje não mais.

Mas imagino que para o piloto deva ser algo especial mesmo.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!