Semana Fernando Alonso 2015: 2012 - Hope

2012...

AH! 2012! Imagina um ano perfeito para qualquer torcedor que vê seu piloto no auge de sua forma, lutando bravamente contra os poderosos e se impondo diante todos eles?!

Naquele ano tivemos o melhor do piloto Fernando Alonso na F1, e ele obteve como "prêmio" o pior da F1.

Quando Alonso venceu aquela maluca corrida da Malásia, John Noble, disse: se Alonso acreditar que ele pode ser campeão, de verdade, ele fará tudo para conseguir

Dito e feito. E assim se fez a melhor temporada do espanhol na F1.

O mais triste foi perceber que toda a esperança que nós torcedores tínhamos, de que naquele ano a vez do Fernando finalmente havia chegado, se transformou em uma maiores injustiças que o esporte poderia produzir.

Depois do GP do Brasil 2012 percebi que "ter esperanças" na ferrari seria apenas uma forma de prolongar "um tormento sem fim".

Como alonsista, o ano de 2012 é um paradoxo: foi o melhor melhor e pior ao mesmo tempo.

Bjuss, Tati

Comentários

Unknown disse…
Resumiu bem... Ano paradoxal... Pena que a tristeza predominou...
Foi uma no bonito e triste no final!

Bjuss, Tati

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!