Horner é contra o "Bolsa equipe".

Insatisfeito com proposta de distribuição de dinheiro, Horner diz que times não estão na F1 “para patrocinar um ao outro”

 Com o campeonato vendo seu final cada vez mais próximo, a F1 resolveu olhar de verdade para a questão das dificuldades das equipes menores, especialmente Caterham e Marussia, que nem sequer estiveram nos Estados Unidos e não estarão no Brasil. As equipes grandes não parecem dispostas a grandes atos de altruísmo para salvar ou tornar a F1 mais atrativa a times menores.

Chefe da Red Bull, Christian Horner aliviou as críticas dizendo que é "muito legal" o que o diretor-geral da F1, Bernie Ecclestone, está considerando fazer, mudando a forma como o dinheiro é distribuído na F1. Em seguida, Horner disse que não está certo de que isso salvaria as equipes, e que a mudança atrapalharia as equipes grandes.

"É muito legal que Bernie faça essa sugestão. Todos os times negociaram seus acordos com a detentora dos direitos comerciais, e acho que é um ponto que precisa ser perguntado a ele sobre a distribuição de dinheiro. Nós assinamos acordos, e não estou convencido de que se você dobrar o dinheiro para Caterham e Marussia, resolveria seus problemas. Seus problemas são mais fundamentais em quais são os fatores que direcionam o custo do que a receita", disse.

 "Temos grandes pressões orçamentárias, e tenho de operar dentro do nosso orçamento. Se a detentora de direitos comerciais quiser colocar mais dinheiro para os times pequenos, então é sua escolha e responsabilidade. Times estão aqui para competir, não para patrocinar um ao outro", seguiu Horner.

"A Ferrari está muito focada em aumentar o bolo, não mudar o corte. Não temos que reagir com mais do que a situação pede. Primeiro precisamos olhar para como aumentar a renda, essa é a prioridade. Depois, temos de nos certificar de que quem queira entrar saiba o desafio que é a F1. O esporte é inovação, e inovação custa dinheiro, muito investimento e investimento de longo-prazo. Então, continuamos investindo na F1. É nossa meta", analisou.

Outro dos poderosos das equipes mais ricas, o diretor-executivo da Mercedes, Toto Wolff foi na mesma linha que Horner. Disse, de forma evasiva, que se assim for decidido, vai sentar e conversar.

"Sabemos o motivo pelo qual terminamos aqui. Foi importante para Bernie assinar de novo com times grandes que são maioria na F1.  Hoje, nos vemos em situação ruim onde dois dos times menores sairam e outros têm dificuldades. É uma questão para discutir com Bernie. É sua escolha, e se as assim chamadas grandes equipes puderem ajudar, vamos sentar e conversar", falou.

"Como Mercedes, não sinto que somos o alvo primério porque estamos distantes do que alguns dos outros times ganham, então vamos ver o que Bernie pensa", encerrou.

Enquanto o futuro da divisão orçamentária da F1 não é conhecida, a temporada 2014 chega ao brasil no próximo dia 9. O GRANDE PRÊMIO acompanha 'in loco'.
(fonte: Grande Prêmio)

***

Ao que parece Horner tem a mesma mentalidade (infeliz) de muitos aqui no Brasil: "eu não vou dar meu dinheiro para sustentar vagabundo! Bolsa equipe, NUNCA! Bernie ao invés de dar dinheiro, deveria ensinar a gerir uma equipe! Eles ficarão todos acomodados! E pior, já pensou se isso aqui virar um campeonato de Kart!?!"  

Como diriam também por aqui... é basicamente um discurso coxinha! #argh

A verdade é que a F1, assim como o mundo, vive uma crise financeira e também de identidade. Hoje temos uma categoria, que a meu ver, é bem menos respeitada e forte do que antes. E muitos são os culpados desde Bernie,equipes, dirigentes e pilotos...

O que podemos fazer para mudar?! Não sei... mas que isso deveria ser tratado com mais respeito entre eles e passando por nós fãs, eu não tenho dúvida!

Na F1 circula tanto, mais tanto dinheiro, que às vezes eles (os chefões) se esquecem que por detrás de tudo isso há pessoas, empregos e famílias que dependem disso...

Bjussss, Tati

Comentários

Anônimo disse…
Eu concordo com o cara,cada um por si.
Acredito eu que quem se proproe estar ai já deve ter frequentado esta tal"escola' e "aprendido" o que tinha para aprender.
Concordo que a crise econômica e uma realidade, e a F1 tem um custo que me assusta.Por outro lado assim como os pilotos sabem que apesar de toda a segurança nos carros,eles podem se ferir mais mesmo assim assumem o risco e buscam acelerar mais e mais,as equipes também sabem o bônus e o ônus que terão,então se entraram e porque assumem o risco do fracasso!!
Miguel
Alex disse…
Discurso esquerdista e PTista esse teu em Tati... não vou entrar no mérito porque é inútil...

F1 sempre foi um esporte caro essa é a verdade. Sustentar equipes nanicas só para fazer número no grid não acho interessante para competição...

ninguém as obrigou entrar na categoria... se estão que se sustente ora bolas.

Se for levar a categoria a uma MotoGP 2... que assim seja.
Gente,

É claro que todos têm de ter consciência dos riscos de estar na F1. Isso é meio óbvio! E estas falando de equipes que já estão na F1 há várias temporadas...

A F1 é uma categoria e deveria se unir sim em prol do fortalecimento de todos.

Então mais vale um campeonato com RBR, Ferrari e McLaren, e seus 6 míseros carros, do que um grid de 20 carros?!

Acho que vcs se esquecem que estas equipes pequenas não estão lá só para completar o grid, elas podem revelar talentos, que vão desde engenheiros, mecânicos até PILOTOS. É sim uma porta de entrada para minha gente.

Uma F1 só com Ferrari no grid não vende! Aliás, se for para vender mesmo a Ferrari NEM precisa da F1... Me desculpa...

Alguém se lembra do GP do EUA de 2005!? Lembram da vergonha que foi um grid composto de apenas 3 equipes?!(não estou entrando no mérito daquela época, porque o motivo foi totalmente diferente!)

A f1 é um PRODUTO feito para vender, mas para vender é preciso VITRINE e EXPOSIÇÂO, para ter exposição é preciso de um público e para ter público o PRODUTO precisa ser atrativo. Somente 6 carros no grid não vende o suficiente para se sustentar...

Então, acho MESMO que as equipes deveriam se ajudar, sim. Quem sabe dividir tecnologias entre si, por que não?! Uma Marussia NUNCA será uma RBR, mas por que não pode ser um lugar para testar coisas para RBR?! Por que não se ajudarem?! Sei lá... que eles criam formas para fazer isso... os caras não tão fodásticos?! Se virem!

E vou mais longe, por mim teríamos carros IGUAIS, orçamentos similares para que todo tivessem as mesmas chances (nisso fico super tranquila, meu piloto se garante! ;) ). Igualar as coisas não significa limitar a tecnologia ou a inovação. Pelo contrário, às vezes é na dificuldade que se cria algo novo e diferente!

A F1 é a principal categoria do automobilismo mundial e ADORA dizer que "fabrica" tecnologia", mas não consegue permitir que as equipes que a representa se sustentem. Bela forma de vender um produto! Ótima, aliás... #sqn

Isso que tem acontecido é uma péssima publicidade, tanto é que Bernie está tentando intervir.

Horner foi arrogante e praticamente chamou os outros caras de incompetentes... totalmente desnecessário. Ele e a equipe dele sozinhos não são nada, mesmo porque para vencer eles precisas de adversários.

Acho que como uma categoria, eles deveriam se AJUDAR, para que juntos, eles sejam mais fortes. E a F1 só é F1 porque tem carros (no plural) para correr.

Mas talvez tudo isso que falei seja bobagem... talvez seja o meu lado esquerdista e petista falando mais alto! hehehehehehe

;)

Acho que ando muito idealista estes dias... hehehe

Bjuss, Tati
Alex disse…
Então mais vale um campeonato com RBR, Ferrari e McLaren, e seus 6 míseros carros, do que um grid de 20 carros?!

Sim, prefiro.

Criem equipes satélites então.

Acho que vcs se esquecem que estas equipes pequenas não estão lá só para completar o grid, elas podem revelar talentos, que vão desde engenheiros, mecânicos até PILOTOS. É sim uma porta de entrada para minha gente.

Tati, pode até revelar alguém... quem sabe cozinheiro.

Mas piloto não.

Pega a sauber: Ericsson pay drive e Guti Pay drive

Lotus: Pay drive Maldonado e grosjean

As nanicas que leiloam a vaga mesmo... tem sido um cemitério de talentos

Então, acho MESMO que as equipes deveriam se ajudar, sim. Quem sabe dividir tecnologias entre si, por que não?! Uma Marussia NUNCA será uma RBR, mas por que não pode ser um lugar para testar coisas para RBR?! Por que não se ajudarem?! Sei lá... que eles criam formas para fazer isso... os caras não tão fodásticos?! Se virem!

Mas isso já existe... conjunto de cambio do carro da HRT era fornecido pela Willians...

A Ferrari vende o conjunto completo para Marussia a Mclaren desenvolve o software dos carros de todas as equipes.

Que não pode é a RBR da o carro pronto para a Marussia...

Por isso na MOTOGP existe as equipes satélites... onde uma moto de fabrica padrão é fornecida a equipe e eles se viram com montagem...

E vou mais longe, por mim teríamos carros IGUAIS, orçamentos similares para que todo tivessem as mesmas chances (nisso fico super tranquila, meu piloto se garante! ;) ). Igualar as coisas não significa limitar a tecnologia ou a inovação. Pelo contrário, às vezes é na dificuldade que se cria algo novo e diferente!

Mas ai tu ia matar a essência da F1... quem sempre foi a disputa garagista de melhores mecânicos e melhores engenheiros... Não amamos só a competição essa disputa de tecnologia é fantástica...

Se tivessem chassis iguais como a indy teríamos guerra de motor... nunca a Ferrari botaria o logo dela num carro com outro motor.... o mesmo a Mercedes.

acho que botei as tags erradas
Sabrina disse…
pra mim o Horner só abre a boca pra falar besteira então não me surpreende esse posicionamento dele. Sou a favor da redistribuição entre as equipes. É um absurdo que no mundial de construtores só até uma certa posição você é beneficiado financeiramente.
Mas Tati hj vou discordar de vc por causa desse seu argumento pro petista ou bolsa. Estou de saco cheio das pessoas ficarem chamando as outras de coxinha pq sao contra as bolsas. Poxa, ngm é melhor que ngm e se alguem não é a favor da bolsa é direito dessa pessoa. Eu mesmo sou contra alguns tipos de bolsas mas nem por isso fico zuando quem é a favor delas. Mas o blog é seu e sei q vc posta o que vc quiser

Postagens mais visitadas